Atriz Cissa Guimarães é a nova apoiadora do Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos

A cerimônia será realizada no dia 12 de agosto no auditório da EMERJ
 

 

 A atriz Cissa Guimarães aceitou o convite para participar do Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos. Ela gravou, através da equipe do AfroReggae, um comercial para TV, que será lançado no dia 12 de agosto, às 17h, no auditório da Emerj, durante a cerimônia de lançamento do prêmio.

 

Cissa Guimarães

Cissa Guimarães

A atriz se diz muito orgulhosa em participar da iniciativa. “É fundamental para qualquer sociedade a conscientização desde cedo da importância dos direitos humanos. Nós nascemos com direitos humanos, nós temos direito a estes direitos humanos e nós não sabemos, por que eles são usurpados da maneira mais grotesca, da maneira mais violenta de todos nós. Então é fundamental que isso seja conscientizado em crianças, que seja conscientizado em adolescentes, em adultos, em pais, em famílias. Então, um projeto como esse, um prêmio com o Patrícia Acioli de Direitos Humanos é da maior importância, por que ele envolve desde crianças, desde estudantes muito jovens, até universitários e até qualquer membro da sociedade através de uma ONG, de um projeto social que queira participar”, afirmou durante a gravação do comercial. 

 Divulgacao

 

Informações para a imprensa:   Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação

 

2 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  1. Orlando Nascimento

    É ,Cissa Guimarães, pena que vc aprendeu isso tão TARDE. Se entendesse estes princípios antes ,talvez o seu filho estaria VIVO. Infelizmente vc NÃO ensinou à ele isto ,e tragicamente ele desrespeitou o fechamento de um túnel … E para piorar o enredo todos nós que moramos no Rio de Janeiro temos que conviver com um MAUSULÉU em um espaço público de alguém que foi imprudente e TRAGICAMENTE CO-AUTOR da própria morte.

  2. Renata Ruas Chaves

    Desejo a você toda a vitória no mundo e nao ligue aos opositores. Como tais, o nosso papel como ser humano, é naãããão responder ” ‘a altura’ mas, nos sobressair, nos superando as influencias nefastas de quem faz de sua principal função neste planeta, do prejúizo ao próximo e o seu retrocesso. Eu sou a prova viva disso e estou tentando vencer minhas limitações e sou convicta de que tu és uma vitoriosa.
    Se Deus é por nós, quem será contra?!