Conselho propõe Governança Metropolitana para resolver mobilidade no Rio

Os conselheiros ainda decidiram que vão organizar um encontro entre os secretários de transporte da Região Metropolitana, a Prefeitura do Rio e o Governo do estado, com o objetivo de criar um diálogo entre as esferas
 

 

Preocupado com a questão da mobilidade urbana em longo prazo na Região Metropolitana do Rio, o Conselho de Logística e Transporte da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) propôs a organização de uma Governança Metropolitana, com o envolvimento dos 19 municípios para resolver o problema. A solução foi apresentada na reunião do conselho, em 20 de agosto de 2013. 

 

 

Os conselheiros ainda decidiram que vão organizar um encontro entre os secretários de transporte da Região Metropolitana, a Prefeitura do Rio e o Governo do estado, com o objetivo de criar um diálogo entre as esferas. “A mobilidade é um dos problemas que mais afeta o dia a dia da população. Vamos tentar unir esses secretários e criar um órgão para pensar em conjunto este problema”, destacou Rebuzzi.

 

Eduardo Rebuzzi, Marcio Dias e Silvio Carvalho Júnior (vice-presidente do CE de Logística e Transporte)

Eduardo Rebuzzi, Marcio Dias e Silvio Carvalho Júnior (vice-presidente do CE de Logística e Transporte)

Na ocasião, ainda, foi diplomado o novo membro do conselho, Dr. Marcio Alexandre Dias, que é subsecretário de Transportes Públicos, Acessibilidade e Mobilidade Urbana de Rio das Ostras. Segundo ele, fazer parte do grupo representa a possibilidade de contribuir para a melhoria da mobilidade urbana no estado. “O meu objetivo no Conselho é captar ideias e acompanhar as atualidades que possam ser implementadas na modernização do Transporte de Rio das Ostras. Serei um representante do município e no que couber, poderei colaborar com os outros municípios da Região dos Lagos nos planos de cooperação na área de Transporte”.

 

 

 

Conselho de Logística e Transporte da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ)

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.