DER amplia uso de asfalto borracha em rodovias do estado

Estrada entre Visconde de Mauá e Maringá já recebe o material ecológico
 

O trecho da RJ-151 que liga Visconde de Mauá a Maringá, em Resende, já começou a ser pavimentado com asfalto borracha. Esta é a segunda rodovia estadual a receber a tecnologia. A pioneira RJ-122 (Guapimirim-Cachoeiras de Macacu) conquistou prêmio internacional por sua qualidade e sustentabilidade.

 

O asfalto é composto por granulados de borracha provenientes de pneus descartados, e sua utilização apresenta inúmeras vantagens: além de ecologicamente correto, o material apresenta mais de 50% de aderência, o que contribui para a redução de acidentes. A tecnologia proporciona diminuição de 40% do ruído dos veículos sobre a pista e também mostra mais durabilidade do que o asfalto tradicional, podendo durar cerca de 20 anos.

 

Investimento no turismo

 

Com investimento de cerca de R$ 9 milhões, proveniente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a iniciativa integra o Prodetur (Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo). A intenção é facilitar a mobilidade de moradores e dinamizar o turismo na região, fortalecendo a economia local.

 

– O asfaltamento vai trazer novos investimentos e permitir que mais visitantes conheçam a área – disse Mayara Carvalho, que trabalha em uma pousada na região.

 

Cerca de 65 homens estão atuando nesta etapa da obra. Em seguida, serão iniciados trabalhos para a retirada de postes, implantação de nova sinalização, instalação de canaletas para drenagem e acabamento. A previsão é de que a estrada esteja concluída até o fim deste semestre.

 

– O asfalto borracha garantirá a locomoção das pessoas com conforto e segurança, em uma região que era de difícil acesso – afirmou Henrique Ribeiro, presidente do DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

 

Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.