Manifestações populares são tema de debate realizado por magistrados do Rio

Evento aberto ao público, com participação de magistrados e advogados, terá transmissão ao vivo pela Mídia Ninja
 

A Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro (Amaerj) promove, em 5 de agosto, às 17h00, uma mesa redonda com o tema “Discutindo o levante popular democrático”. Participarão do debate os professores da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO), Adriano Pilatti, coordenador geral do Instituto de Direito da PUC-Rio, e Ricardo Brajterman, membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RJ, da Comissão de Direito Homoafetivo da OAB/RJ e presidente da Comissão de Direitos Autorais, Imateriais e Entretenimento da OAB/RJ. O evento será realizado no auditório da Amaerj, na Rua Dom Manoel, 29, 1º andar, Centro, Rio de Janeiro.

O evento será transmitido, ao vivo, pela Mídia Ninja, que ficou conhecida por acompanhar as manifestações no Rio de Janeiro e divulgar vídeos exclusivos nas redes sociais. O debate pode ser acompanhado através do link http://www.postv.org/. Os interessados em participar presencialmente do evento não precisam realizar cadastro. É necessário chegar 30 minutos antes no local.

Conheça os debatedores

Professor Adriano Pilatti
Graduado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-1983), mestre em Ciências Jurídicas – Teoria do Estado e Direito Constitucional – pela Pontifícia Universidade Católica Rio de Janeiro (PUC-Rio – 1988) e doutor em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ – 2006), com Pós-Doutorado em Direito Público Romano pela Universidade de Roma I – La Sapienza (2011).

 

Foi assessor parlamentar da Câmara dos Deputados junto à Assembléia Nacional Constituinte de 1987-88, assessor legislativo concursado da Câmara dos Deputados, assessor jurídico do Gabinete do Prefeito do Rio de Janeiro, consultor jurídico do Instituto Brasileiro de Administração Municipal (IBAM) e assessor jurídico da Reitoria da PUC-Rio.

 

É professor assistente do Departamento de Direito da PUC-Rio, de que foi diretor (2004-2010), e coordenador-geral do Instituto de Direito da PUC-Rio. Leciona Teoria do Estado e Direito Constitucional, no Curso de Graduação, Teoria da Constituição e Formação Constitucional do Brasil no Programa de Pós-Graduação.

 

Sócio-fundador da Associação Brasileira dos Constitucionalistas Democratas (ABCD), membro dos Conselhos Editoriais da Editora Lumen Juris (RJ) e das revistas Direito, Estado e Sociedade (PUC-Rio) e Global Brasil (Rede Universidade Nômade). Presidente da Comissão de Ensino Jurídico da OAB/RJ (2010-2012). Traduziu o livro Poder Constituinte – Ensaio sobre as Alternativas da Modernidade, de Antonio Negri (Rio de Janeiro: DP&A, 2002). É autor do livro A Constituinte de 1987-1988 – Progressistas, Conservadores, Ordem Econômica e Regras do Jogo (Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008).

 

Ricardo Brajterman

Graduado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-RIO (1996). Mestre em Direito Constitucional pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-RIO (2000). É membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/RJ e diretor da Caixa de Assistência dos Advogados do Rio de Janeiro (Caarj).

 

Professor de Direito Processual Civil da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-RIO (2001-2009), atualmente Professor da cadeira de Direitos Autorais na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC-RIO. Membro fundador da Associação dos Advogados do Rio de Janeiro – AARJ. Assessor Jurídico da Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro – FIERJ.

 

Assessor Jurídico da Sociedade Brasileira de Autores Teatrais – SBAT e Membro da Comissão de Direito Autoral, Direitos Imateriais e Entretenimento da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Rio de Janeiro – OAB/RJ (CDADIE).

 

Assessoria

0 comentários