Produtores ganham tanques para resfriamento de leite

Secretaria de Agricultura entregou o equipamento que benefeciará 200 produtores
 

Pequenos produtores de leite de Italva, na Região Noroeste, ganharam um novo incentivo para aumentar a sua renda. A Secretaria de Agricultura entregou tanques de expansão para resfriamento de leite às Associações de Produtores do Maribondo, de Califórnia e Boa Sorte e dos Lavradores da Fazenda Experimental de Italva, que juntas produzem 4,5 mil litros de leite ao dia.

 

As três entidades beneficiadas reúnem em torno de 200 associados. Adquiridos pelo programa Rio Leite, os tanques têm capacidade para armazenar mil litros. Um deles poderá receber até dois mil litros de leite/dia. Para o presidente da Associação de Califórnia e Boa Sorte, Wanderson da Rocha Santos, a iniciativa favorecerá o aumento da produção.

 

– Com o tanque de resfriamento, vamos entregar o leite direto para as cooperativas. A ideia é conseguir um preço melhor. Aumentaremos o número de associados e o produtor ficará mais incentivado para trabalhar – explicou Wanderson.

 

O secretário de Agricultura, Christino Áureo, destacou outros investimentos realizados no segmento leiteiro.

 

– O programa Rio Leite está colaborando para revitalizar o parque industrial das cooperativas lácteas. Já investimos quase R$ 60 milhões. Através do Rio Genética disponibilizamos até o momento cerca de seis mil matrizes, que vão ajudar a melhorar a qualidade do rebanho no Estado do Rio – afirmou Áureo.

 

Agência Brasil

0 comentários