Profissionais que atuam em UTIs passam por qualificação

Objetivo é reforçar a atualização permanente de todas as equipes da rede estadual
 

funcionarios-UTIsProfissionais do Instituto Estadual do Cérebro e dos hospitais estaduais Getúlio Vargas, Carlos Chagas e Rocha Faria participam do curso de capacitação em gestão da assistência nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) neste fim de semana. A qualificação é oferecida pela Pró-Saúde (Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar), que investe em treinamento permanente e atualização do corpo assistencial de hospitais estaduais sob sua administração. Cada curso treina cerca de 120 profissionais.

 

O objetivo é capacitar gestores administrativos e técnicos para a cultura de qualidade na assistência e segurança do paciente, além de discutir novos conceitos sobre gestão administrativa e de indicadores da Assistência Multiprofissional nas UTIs.

 

A Pró-Saúde realiza cursos neste formato, a cada três meses, garantindo que todas as equipes dos hospitais onde é gestora sejam constantemente treinadas.

 

– Buscamos a atualização permanente dos profissionais. A ideia é garantir a melhoria contínua no atendimento aos pacientes. Já treinamos cerca de 120 profissionais – disse Lafaete Teixeira, administrador hospitalar e responsável por organizar as capacitações.

 

A diretora de Enfermagem Rejane Almeida, que já participou do treinamento, avalia que ter visão periférica dos elementos que compõem uma assistência bem feita é primordial.

 

– O curso faz com que todos reflitam sobre o mesmo aspecto. Isso é um ganho muito grande para as equipes – afirmou Rejane.

 

Ainda de acordo com Rejane, os treinamentos oferecidos pela Pró-Saúde sem nenhum custo para o profissional são um diferencial.

 

O curso é exclusivo aos profissionais da Secretaria de Saúde. Dividido em quatro etapas, terá carga horária de 16 horas. Temas como Cases como Gestão e Qualidade na UTI, Planejamento Estratégico, Reflexões sobre Liderança na UTI, Gestão de Processos de Medição de Resultados serão amplamente discutidos durante a qualificação.

 

Governo do Rio

0 comentários