Rio de Janeiro vai ganhar CVT para profissionais do Carnaval

Unidade funcionará na Cidade do Samba e deverá formar 2,5 mil profissionais por ano
 

O Rio de Janeiro vai ganhar ainda este ano um CVT (Centro Vocacional Tecnológico) de Carnaval, voltado para a economia criativa. A nova unidade da Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica), uma parceria do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Secretaria de Ciência e Tecnologia, Prefeitura e Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro), já tem endereço certo, um símbolo do Carnaval carioca: a Cidade do Samba, na Gamboa.

 

 

O investimento previsto na unidade será da ordem de R$ 2,5 milhões. O novo CVT vai funcionar em uma área de aproximadamente 2 mil metros quadrados. A estimativa é de que 2,5 mil profissionais sejam formados anualmente para aquecer do setor no estado.

 

 

Para o secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca, a implantação de um CVT voltado para o Carnaval é um projeto pioneiro, uma oportunidade de movimentar todo o setor da economia criativa no Rio de Janeiro.

 

 

“É um projeto pioneiro no estado. Tornar o trabalho do Carnaval mais profissional é dar a chance para este profissional ser valorizado. É também garantir uma qualidade notória na produção dos materiais. Otimizaremos custos e maximizaremos a qualidade da mão de obra para este setor. Nossa visão é promover arranjos produtivos locais em diversos lugares do Rio, pois queremos, assim, implantar uma área que seja mais uma referência para o Carnaval do Rio”, afirmou o secretário.

 

 

Ao todo, 83 escolas de samba serão cadastradas. O CVT vai oferecer cursos de Formação Inicial e Continuada de Produção de Eventos, Gestão de Barracão, Gestão de Quadra, Montagem de Carnaval, Gestão Administrativa, entre outros. O calendário de inscrições será divulgado em breve.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.