CONCURSO PÚBLICO: 25 cargos da Fundação CECIERJ

Inscrições para as 183 vagas podem ser feitas pela internet e vão até 6 de outubro
 

Fundação CECIERJ

 

Vinte e cinco cargos de níveis superior e médio com estabilidade e vencimentos até R$ 5.082 são alguns dos atrativos do concurso promovido pela Fundação Cecierj para contratação de profissionais interessados em integrar seu quadro permanente. As inscrições foram abertas, nesta quinta-feira (05/09), pela Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro), que disponibiliza as fichas para preenchimento em seu portal, www.ceperj.rj.gov.br. A Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio de Janeiro oferece 183 vagas, sendo 168 de nível superior e 15 de nível médio.

 

 

No total de vagas já estão incluídas as reservadas às pessoas com deficiência (5%), negros e índios (20%) e os novos contratados terão jornada de 40 horas semanais. Para os 17 cargos de nível superior dos grupos 1 e 2, os salários são de R$ 5.082; para os cinco do grupo 3, também de nível superior, o vencimento é de R$ 3 mil; para os três cargos dos grupos 4 e 5, de nível médio, a remuneração é de R$ 1.450. As inscrições vão até 6 de outubro.

 

 

Os candidatos podem se inscrever via internet ou via posto e inscrição presencial, na Avenida Carlos Peixoto, 54, térreo, Botafogo, Zona Sul do Rio, das 10h às 16h. Os que optarem pelo posto devem levar documento oficial de identidade original e comprovante de residência. A inscrição presencial termina em 4 de outubro, uma sexta-feira, pois o atendimento é feito nos dias úteis.

 

 

Ao preencher a ficha de inscrição, o candidato deverá indicar o cargo a que concorre, optando pelo tipo de vaga (ampla concorrência, pessoa com deficiência, negros e índios) e imprimir o boleto bancário que será disponibilizado ao término do procedimento. As taxas custam R$ 100 para todos os grupos de nível superior e R$ 80 para os de nível médio. O pagamento pode ser feito em qualquer agência bancária, preferencialmente no Banco Bradesco, até a data de vencimento no boleto. A inscrição só será efetivada após a instituição bancária confirmar o pagamento da taxa.

 

 

A estratégia da seleção para os sete cargos integrantes do grupo 1 será desenvolvida em três etapas: aplicação de provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, em 20 de outubro; prova prática, também eliminatória e classificatória, prevista para 21 e 22 de dezembro; e avaliação de títulos e experiência profissional, estritamente classificatória, com entrega dos documentos nos dias 23 e 24 de janeiro. Os candidatos aos 10 cargos do grupo 2 e aos cinco cargos do grupo 3 passarão por provas objetiva e discursiva a serem aplicadas na mesma dada (20/10) e avaliação de títulos, em 16 e 17 de dezembro; os cargos de nível médio, que estão divididos nos grupos 4 e 5, terão as mesmas duas etapas, ou seja, provas e títulos.

 

 

As provas objetivas para os cargos de nível superior (grupos 1, 2 e 3) apresentarão 60 questões de múltipla escolha, valendo dois pontos cada uma, totalizando 120 pontos. Para os cargos de nível médio (grupos 4 e 5), a prova será composta de 50 questões também de múltipla escolha com o total de 100 pontos. As bancas examinadoras elaborarão todas as perguntas com base nos conteúdos programáticos que estão no anexo V do edital.

 

 

O exame discursivo para os cargos do grupo 1 valerá 40 pontos e terá duas questões, cada uma valendo 20. Os candidatos terão de elaborar um texto sobre os temas propostos, relacionado com a disciplina de Conhecimentos Específicos. Para os cargos integrantes dos grupos 2 e 3 valerá 80 pontos e constará de dois estudos de caso, valendo 40 pontos, onde o candidato deverá apresentar uma solução para a situação-problema criada, sempre relacionada com as atribuições típicas do cargo. Para os que estão inscritos no cargo do grupo 4, a prova discursiva constará da elaboração de uma redação sobre um dos temas da atualidade propostos; para os dois cargos do grupo 5 constará da elaboração de um texto sobre um dos temas propostos, relacionado com a disciplina de Conhecimentos Específicos.

 

 

A prova prática somente para os candidatos aos sete cargos do grupo 1 terá o objetivo avaliar a aptidão dos profissionais e os conhecimentos técnicos necessários para o exercício das atividades inerentes às suas atribuições.

 

 

As tarefas a serem cumpridas, assim como os critérios de avaliação, serão divulgadas à época da convocação, em 13 de dezembro. Para essa prova, que valerá 60 pontos, serão convocados os habilitados e classificados nas provas objetiva e discursiva, obedecendo ao quantitativo apresentado no quadro do item 7.3 do edital. Importante lembrar que a pessoa com deficiência, quando convocada para essa prova, deverá se submeter à avaliação médica, para atestar a compatibilidade de sua deficiência para o desempenho das atribuições do cargo ao qual concorre.

 

 

A avaliação de títulos e experiência profissional tem caráter exclusivamente classificatório, servindo a pontuação correspondente somente para a apuração da classificação final do candidato. Serão avaliados os títulos dos candidatos aos cargos dos grupos 2,3,4 e 5 que forem aprovados nas provas objetiva e discursiva. Em relação aos cargos do grupo 1, serão avaliados os documentos dos aprovados nas provas objetiva, discursiva e prática, de acordo com o quantitativo estabelecido no subitem 7.3.2.

 

 

A homologação do concurso e a convocação dos aprovados são de responsabilidade da Fundação Cecierj. A validade será de dois anos, podendo ser prorrogada uma única vez, por igual período.

 

GOVERNO DO RIO

 

0 comentários