Cresceu o número de empregos formais no estado do Rio em agosto

Dados do Caged registram a criação de 10.104 postos de trabalho com carteira assinada
 

empregos-formaisO Estado do Rio de Janeiro ganhou mais 10.104 postos de trabalho com carteira assinada no mês de agosto. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho na última sexta-feira (20/9), isso representa um aumento de 0,27% em relação ao número de assalariados celetistas do mês anterior. O crescimento deve-se ao saldo positivo conquistado pelos setores de Serviços (4.814 vagas), Comércio (3.426) e Indústria da Transformação (1.269).

 

 

A capital fluminense foi a que mais abriu vagas de trabalho no estado, respondendo por 5.242 oportunidades. Niterói e Macaé foram os outros dois municípios de maior destaque, oferecendo 988 e 795 postos, respectivamente. A Região Metropolitana do Rio registrou uma criação de 6.818 empregos formais.

 

 

Ainda de acordo com o Cadastro, nos últimos 12 meses verificou-se a elevação de 2,28% no nível de emprego no estado.

Com esses índices, o Rio de Janeiro figurou no ranking do Caged como o terceiro estado brasileiro com melhor desempenho na geração de empregos formais em agosto, ao lado de São Paulo e Paraná.

 

 

Para o secretário de Trabalho e Renda, Sergio Romay, os dados refletem o bom momento vivido pelo Rio de Janeiro, que ganhou impulso extra com a realização dos grandes eventos esportivos.

 

 

“O resultado mostra o acerto do governo estadual na política de geração de emprego e renda. O Estado tem sido eficiente na atração de novos empreendimentos, graças à parceria com o governo federal e à capacidade de oferecer incentivos para instalação de empresas. Grandes eventos como a Copa das Confederações, a Copa do Mundo e as Olimpíadas reforçam a posição do Rio de Janeiro como palco de investimentos”,  explicou Romay.

 

Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.