Carro do SBT é pichado e Globo News esconde profissionais durante manifestações no RJ

Uma repórter da Globo News teve que entrar no ar por telefone
 

Na segunda-feira (30/9), um carro-link do SBT foi pichado por integrantes do grupo Black Bloc e a Globo News teve que esconder seus profissionais durante as manifestações no Rio de Janeiro. Os protestos ocorreram em frente à Câmara Municipal da cidade.

 

 

Crédito:Reprodução/Facebook
melissamunhoz
Jornalista revelou ajuda da PM para que ela e a equipe não apanhassem dos manifestantes

 

De acordo com o Notícias da TV, uma equipe da emissora estava ao vivo no “SBT Notícias” quando foi cercada por um grupo. A transmissão sob o comando da repórter Melissa Munhoz teve que ser cortada.

 

 

Em sua conta numa rede social, a jornalista disse que a equipe precisou ser escoltada pela Polícia Militar para não sofrerem agressões.

 

 

“Me xingaram de pir****, vadia, vagabunda. Hoje [ontem], eu e minha equipe fomos expulsos da Cinelândia!!! Tive que pedir ajuda a um PM para não sermos agredidos!!! Não posso aceitar tamanha censura. Não posso achar normal tanto cerceamento à notícia”, declarou Melissa.

 

 

A assessoria de imprensa do SBT afirmou que nada de grave aconteceu com os profissionais e destacou que todos os cuidados estão sendo devidamente tomados.

 

 

Uma repórter da Globo News teve que entrar no ar por telefone. O canal, no entanto, não revelou o nome nem o local de onde a jornalista falava.

 

0 comentários