Governo lança curso de Tecnologia em Segurança

Graduação será oferecida pela UFF e terá duração de 2 anos e 6 meses
 

Curso-de-Tecnologia-em-Seguranca-PublicaO Governo do Estado lançou, nesta terça-feira (1/10), em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF), o curso de Tecnologia em Segurança Pública. Serão oferecidas 500 vagas para profissionais da Secretaria de Segurança, sendo 80% para servidores da Polícia Militar e da Polícia Civil. O restante atenderá a bombeiros militares, guardas municipais, agentes penitenciários, entre outras funções. O curso será oferecido em sete polos: Angra dos Reis, Campo Grande, Itaperuna, Friburgo, Petrópolis, Resende e São Gonçalo. A graduação será por meio do Consórcio da Fundação Centro de Ciências e Educação Superior a Distância do Estado do Rio (Cederj), que coordena o ensino superior a distância de sete universidades públicas do Estado do Rio.

 

 

A formação superior de Tecnologia em Segurança Pública passa a integrar os cursos de graduação a distância oferecidas a cada semestre, por meio do Vestibular Cederj, que nesta edição traz mais de 6 mil vagas. Os demais cursos são: bacharelado em Administração e Administração Pública; Licenciaturas em Ciências Biológicas, Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Pedagogia, Química e Turismo, além de Tecnologia em Sistemas de Computação e Gestão de Turismo. As inscrições começam nesta terça-feira, a partir das 14h, pela página www.cederj.edu.br.

 

 

“Este curso direcionado à Segurança Pública em parceria com a UFF vai oferecer 400 vagas para policiais militares e civis, e 100 vagas para bombeiros militares, guardas municipais, agentes penitenciários, policias rodoviários federais. Isso de fato será uma revolução na formação das pessoas, na reciclagem destes profissionais”, disse o governador Sérgio Cabral, que participou da cerimônia de lançamento no Palácio Guanabara.

 

 

De acordo com o coordenador do curso superior da UFF, Pedro Heitor Barros Geraldo, a formação, que tem duração de dois anos e seis meses, apresenta cinco módulos e conta com carga horária de 1.605 horas.

 

 

“Teremos disciplinas fundadas na Sociologia, na Ciência Política e no Direito. O objetivo do curso é formar profissionais capacitados para executar, gerir e avaliar políticas de segurança pública. O curso procura construir um conhecimento juntamente com os policiais”, afirmou o coordenador.

 

 

Para o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, a graduação poderá qualificar cada vez mais o profissional de Segurança do Rio:

“O Estado tem a obrigação de valorizar o seu servidor como também a obrigação de atualizar seus funcionários. Este é um movimento pioneiro no país na medida em que se oferece uma graduação a policiais”.

 

 

Soldado da Polícia Militar, Drieli Rodrigues compareceu ao evento de lançamento do curso para obter mais informações sobre a formação de ensino superior.

“Capacitar o profissional de Segurança Pública é sempre válido. Hoje em dia a sociedade exige mais qualificação dos nossos policiais. A proposta de termos um curso universitário é muito boa”, afirmou a soldado.

Quatorze carreiras em 32 polos regionais

 

O Consórcio Cederj, vinculado à Secretaria de Ciência e Tecnologia, oferece 32 polos localizados em Angra dos Reis, Barra do Piraí, Belford Roxo, Bom Jesus do Itabapoana, Campo Grande, Cantagalo, Caxias, Itaguaí, Itaocara, Itaperuna, Macaé, Magé e Miguel Pereira, além de Natividade, Niterói, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paracambi, Petrópolis, Piraí, Resende, Rio Bonito, Rio das Flores, Rocinha, Santa Maria Madalena, São Fidélis, São Francisco de Itabapoana, São Gonçalo, São Pedro da Aldeia, Saquarema, Três Rios e Volta Redonda.

 

 

As seguintes universidades fazem parte do Consórcio Cederj: o Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca – CEFET/RJ, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Uerj, a Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro– UENF, a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio, a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, a Universidade Federal Fluminense – UFF; e a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ).

 

 

“Triplicamos o alcance do vestibular Cecierj, são 14 carreiras em 32 polos distribuídos por todo o estado. Os cursos são semipresenciais e contam com tutoria presencial nos polos, material didático impresso, laboratórios. Eu diria que oferecemos cursos que começam mais presenciais e terminam mais virtuais. O Curso de Segurança Pública entra agora como o 14º da nossa grade”, disse o presidente do Cederj, Carlos Eduardo Bielschowsky.

 

Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.