Redação de O Povo é atingida por incêndio

O fato aconteceu no domingo, dia 6, mas não deixou feridos
 

Na tarde de domingo, 6, incêndio atingiu a sede do Grupo de Comunicação O POVO, localizada na Avenida Aguanambi. O prédio afetado abriga as redações de O POVO, portal O POVO Online e rádio O POVO/CBN, além da Fundação Demócrito Rocha , setores administrativos e de promoção cultural da empresa. Por causa do ocorrido, o veículo precisou mudar a programação das rádios na parte da manhã, de segunda, dia 7.

 

 

 

De acordo com as informações, tudo começou por volta das 17h30. O fogo foi controlado uma hora depois e danificou o almoxarifado, onde funciona o estoque de livros da Fundação Demócrito Rocha, e a área de marketing. “Provavelmente um curto-circuito gerou isso. Uma máquina que tenha esquentado pode ter gerado tudo”, disse coronel o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), João Carlos Gurgel. O incêndio não deixou feridos.

 

 

 

Pelo menos três viaturas dos bombeiros foram envolvidas na operação, que terminou após o resfriamento do lugar e a eliminação da água. Presidente do O POVO, a jornalista Luciana Dummar acompanhou o trabalho dos bombeiros ao lado de outros membros da diretoria do Grupo. “Os bombeiros foram muito ágeis. Estragou muita coisa. Só que a gente, aqui, trinca mas não quebra. Foi um milagre o fogo não ter se espalhado. Somos abençoados. É agradecer a Deus, rezar e seguir adiante”, disse.

 

 

 

Nesta segunda-feira, 7, a parte elétrica do prédio deve ser religada. As rádios O Povo/CBN e Globo/O Povo vão transmitir a programação da rede nacional até que tudo volte ao normal. “Temos que investigar as causas para dizermos aos leitores o que aconteceu. Mas vocês salvaram um patrimônio de 85 anos. A corporação de vocês é muito querida por nós”, declarou Luciana Dummar aos bombeiros envolvidos na ocorrência.

0-0-0-opovoincendio0710

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.