Rio é uma das cidades a participar do congresso CitiSense

O evento vai reunir um total de 7.126 visitantes, 140 expositores e 319 palestrantes que vieram de 82 países diferentes
 

A Prefeitura do Rio foi uma das cidades a participar, nesta segunda-feira (18/11), do congresso CitiSense, organizado pelo Banco Mundial, em Barcelona. Além da cidade sede, outras 90 fizeram parte do evento. Entre elas, Quito, Amsterdã, Málaga e Cidade do México.

 

 

Representando o prefeito Eduardo Paes, o secretário-chefe da Casa Civil Pedro Paulo Carvalho, ao lado de Iñigo de la Serna, prefeito da cidade espanhola de Santander, e Frank Kresin, diretor da Waag Society, participou de uma mesa de discussão sobre soluções eficientes para a mobilidade urbana.

 

 

 

O secretário apresentou os esforços do Rio para deixar de ser uma cidade voltada para os automóveis, colocando, portanto, os pedestres no topo da pirâmide de prioridades:

 

 

 

– O Rio tem hoje 3 milhões de carros e todos os anos essa frota cresce 7%. Queremos mudar este cenário. Para isso, estamos investindo na construção de 150 km de BRT, na expansão das ciclovias e na criação de passeios públicos. O Porto Maravilha é um projeto exemplar de como a Prefeitura busca priorizar os pedestres, ciclistas e o transporte público, deixando os automóveis em segundo plano. Precisamos mudar a mentalidade da população para que acreditem que é possível um outro tipo de mobilidade. A derrubada do Viaduto da Perimetral é a maior prova disso.

 

 

 

Quanto à importância da tecnologia para beneficiar a mobilidade urbana, Pedro Paulo descreveu o Centro de Operações Rio (COR), que integra 30 órgãos municipais e concessionárias de serviços públicos para garantir que a cidade funcione melhor:

 

 

 

– Nosso desafio hoje é compartilhar todas as informações que o Centro têm com a população, para que os próprios cidadãos do Rio possam desenvolver novas tecnologias em benefício da cidade.

 

 

 

De acordo com o vice-presidente de Desenvolvimento Sustentável do Banco Mundial, Rachel Kyte, o CitiSense é um evento para inspirar novas ideias:

 

 

 

– Pretendemos apresentar aqui ações concretas para fazer das cidades centros de inovação e prosperidade, criando oportunidades para uma vida melhor enquanto enfrentam as mudanças climáticas.

 

 

 

Smart Cities Expo

Entre 18 e 21 de novembro, na mesma cidade de Barcelona, o secretário-chefe da Casa Civil Pedro Paulo Carvalho Teixeira, ao lado do vice-prefeito Adilson Pires, vai representar o prefeito Eduardo Paes no Smart Cities Expo, principal evento mundial sobre cidades inteligentes. O Rio de Janeiro foi convidado para participar da terceira edição desse congresso que há três anos reúne gestores públicos, especialistas em planejamento urbano e empresas privadas que buscam melhorar a vida nas grandes metrópoles.

 

 

 

O Rio não vai apenas ter espaço de destaque no congresso, como também concorre ao grande prêmio de World Smart City 2013, que tem como objetivo “estimular a qualidade de vida, sustentabilidade, inovação, criatividade, competitividade e eficiência administrativa nas cidades do futuro”. Além do Centro de Operações Rio (COR) e do 1746, o Porto Maravilha também ajudou a qualificar o Rio para concorrer à premiação e para ser cidade convidada para o Smart Cities Expo.

 

 

 

Como cidade convidada, o Rio tem direito a um estande para apresentar os projetos que está desenvolvendo para tornar a cidade mais inteligente e melhor para todos os cariocas. O secretário Pedro Paulo vai participar de seminários e discussões em que vai apresentar como o Rio vem tentando utilizar a tecnologia a serviço dos cidadãos, com destaque para a Central 1746 e o COR.

 

 

 

O evento vai reunir um total de 7.126 visitantes, 140 expositores e 319 palestrantes que vieram de 82 países diferentes. Para mais informações: http://www.smartcityexpo.com

0 comentários