Rio sediará encontro internacional de reitores universitários em 2014

Mais informações sobre o III Encontro Internacional de Reitores Universia estão disponíveis no site www.universiario2014.com.
 

Fotos: Raphael Lima

 

 

A cidade do Rio de Janeiro vai sediar mais um grande evento em 2014, o III Encontro Internacional de Reitores Universia, que será realizado no Riocentro, na Barra da Tijuca, nos dias 28 e 29 de julho. O encontro pretende reunir cerca de 1.100 universidades de 46 países provenientes da comunidade iberoamericana, assim como de instituições líderes da Europa, Estados Unidos, Rússia, Ásia, África e Oceania. Com o tema “A universidade do século XXI: uma reflexão a partir da Ibero-América”, o evento visa se tornar o fórum mundial de debate mais importante sobre o futuro da universidade e sua relação com o desenvolvimento das nações.

 

 

 

Esta será a terceira edição do encontro, que também já foi realizado em 2005 em Sevilha, com a presença de 500 reitores e, em 2010, em Guadalajara, no México, com a participação de 900 reitores e representantes de universidades ibero-americanas. A Universia, motivada pelo Banco Santander, é a rede de universidades mais importante do mundo por reunir 1.240 universidades de 23 países – sendo 220 destas instituições brasileiras -, representando um total de 14,3 milhões de alunos e professores.

 

 

 

A realização do encontro no Rio de Janeiro foi anunciada nesta segunda-feira (18/11) em cerimônia no Palácio da Cidade, em Botafogo, com a presença do prefeito Eduardo Paes e do presidente de Banco Santander e da Universia, Emilio Botín.

 

 

– Sediar esse evento aqui na cidade será uma grande honra. Demonstra a confiança na nossa capacidade de realizar grandes eventos, que já vem se consolidando com a realização da Rio+20, da acolhida ao Papa Francisco, da Copa do Mundo 2014 e dos Jogos Olímpicos 2016. Que a Cidade Maravilhosa sirva de inspiração para os reitores discutirem os desafios das universidades – disse Paes.

 

 

 

Durante os dois dias de evento serão debatidos temas como a interação da universidade com a comunidade universitária; docência e pesquisa; adaptação a novas tendencias sociais; posturas a adotar perante as novas tecnologias; estratégias da internacionalização e outros assuntos como o financiamento universitário. O objetivo será analisar o futuro da universidade, sua capacidade de respostas às demandas da sociedade atual e a projeção da universidade Ibero-americana no contexto mundial. 

 

 

 

– O III Encontro Internacional de Reitores será um acontecimento acadêmico que marcará um novo horizonte para a universidade ibero-americana e internacional pelos próximos anos e, sem dúvida alguma, transformará o Rio de Janeiro. Investir em educação é investir em igualdade e desenvolvimento. Mais educação e mais universitários significam, sem dúvida nenhuma, mais progresso dos países. E o apoio da Prefeitura do Rio está sendo decisivo para garantir o sucesso da organização deste importantíssimo evento, logo após a Copa do Mundo de Futebol, que fará do Rio a “capital do ensino superior no mundo” – explicou Emilio Botín. 

 

 

 

A escolha do Rio de Janeiro para sediar o III Encontro foi realizada no Conselho Assessor Internacional da Universia, em comemoração ao 450 º aniversário da fundação da cidade e por ser um lugar de referência nos principais debates sobre o futuro do planeta e da humanidade.

 

 

 

Estiveram também presentes a cerimônia o reitor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e presidente do Comitê Internacional do Encontro, Carlos Antônio Levi; o reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e presidente do Comitê Acadêmico, Carlos Alexandre Netto; e o presidente do Comitê Organizador, Ignácio Berdugo.

 

 

0 comentários