VII Concurso Tim Lopes de Jornalismo

ANDI anuncia os finalistas do VII Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo
 

Concurso Tim Lopes de Jornalismo

Em sua edição especial, o VII Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo recebeu 52 inscrições de projetos de reportagens que abordam os direitos da infância e adolescência no contexto da Copa do Mundo e de megaeventos esportivos. A equipe da ANDI selecionou 30 propostas finalistas que seguirão para apreciação do júri em cinco categorias: mídia impressa; rádio; TVs; mídia online, comunitária e alternativa; e categoria especial “violência sexual contra crianças e adolescentes no contexto da Copa do Mundo de 2014”.

 

 

Confira, a seguir, os finalistas:

Mídia Impressa

 

Pauta: Os portos do abandono

Veículo: Correio Braziliense

Jornalista responsável: Helena Mader

 

 

Pauta: A Copa do Mundo vista da rua

Veículo: Correio Braziliense

Jornalista responsável: Leilane Menezes

 

 

Pauta: São Lourenço da Mata, a verdadeira cidade-sede

Veículo: Folha de Pernambuco

Jornalista responsável: Tatiana Notaro Monteiro Nunes

 

 

Pauta: A invisibilidade das crianças e adolescentes ciganos

Veículo: Folha de Pernambuco

Jornalista responsável: Ivson Augusto Menezes

 

 

Pauta: Os efeitos das desapropriações da Copa 2014 na continuidade da educação de crianças e adolescentes

Veículo: Hoje em Dia

Jornalista responsável: Bruno de Carvalho Moreno

Rádio

Pauta: Cidades sede da Copa, esporte e direitos das crianças/adolescentes

Veículo: Rádios EBC (Nacional e MEC de Brasília, Rio de Janeiro e Amazônia)

Jornalista responsável: Juliana Cezar Nunes

 

 

Pauta: Desconvocados – atletas da ilusão

Veículo: Rádio Bandnews FM

Jornalista responsável: Michelle Trombelli

 

 

Pauta: O abandono dos conselhos tutelares na Região Metropolitana do Recife

Veículo: Rádio JC News

Jornalista responsável: Everson Teixeira da Silva

TVs

 

 

Pauta: À margem do jogo

Veículo: TV Jornal do Commercio

Jornalista responsável: Vanessa Lucena

 

 

Pauta: Fora do jogo

Veículo: TV Jornal/SBT Recife

Jornalista responsável: Ana Carolina Cordeiro de Abreu

 

 

Pauta: Os reis do campinho

Veículo: RICTV Record

Jornalista responsável: Maria Aparecida Ribeiro

 

Mídia online, alternativa e comunitária

Pauta: Dos meninos engraxates aos malabaristas de semáfaros – 1950 e 2014, as Copas que o Brasil não venceu     

Veículo: Editora Folha de Pernambuco LTDA

Jornalista responsável: Hercília Galindo Moreira

 

 

Pauta: Além da Copa  

Veículo: Portal NE10/Jornal do Commercio

Jornalista responsável: Mellyna Andrea Reis dos Santos

Pauta: Megaeventos e moradia – o que mudou na vida das crianças removidas para a Copa    

Veículo: Agência Pública de Jornalista Investigativo

Jornalista responsável: Andrea Di Profio Morettoni

 

 

Pauta: A violência policial contra crianças e adolescentes das favelas do Rio de Janeiro no contexto da realização da Copa do Mundo e Olimpíadas   

Veículo: Repórter Brasil

Jornalista responsável: Igor de Capitani Ojeda

 

 

Pauta: A Copa aos olhos de crianças e adolescentes ribeirinhos no Amazonas

Veículo: Viração

Jornalista responsável: Manuel Sebastian Roa Gomez

 

 

Pauta: Os meninos invisíveis no entorno da Arena Amazonas

Veículo: Amazônia Real

Jornalista responsável: Liege Socorro Albuquerque Peres

 

 

Pauta: Os mais invisíveis: crianças indígenas da área urbana de Manaus

Veículo: Amazônia Real

Jornalista responsável: Liege Socorro Albuquerque Peres

 

 

Pauta: A vida removida

Veículo: Agência Brasil

Jornalista responsável: Akemi Souza

 

 

Pauta: As fronteiras ditadas pelo futebol na periferia da Grande Curitiba

Veículo: Universidade Federal do Paraná

Jornalista responsável: José Carlos Fernandes

 

 

Pauta: Desafio grandes eventos esportivos: como tornar o esporte aliado da saúde e educação dos jovens

Veículo: Repórter Universitário – Universidade Federal de Campina Grande

Jornalista responsável: Antonio Simões Menezes

 

 

Categoria especial “violência sexual contra crianças e adolescentes no contexto da Copa do Mundo de 2014”

Pauta: Turismo sexual, exploração sexual de crianças e adolescentes, e a Copa do Mundo

Veículo: Repórter Brasil

Jornalista responsável: Daniel Santini Franco

 

 

Pauta: Os promotores ocultos da violência sexual – dentro e fora do Brasil – no contexto da Copa do Mundo e as ações para enfrentá-los

Veículo: EBC/Agência Brasil

Jornalista responsável: Tchérena Guimarães

 

 

Pauta: Jogo sujo: Copa faz crescer ameaça de exploração sexual infantil

Veículo: Agência Pública de Jornalismo Investigativo

Jornalista responsável: Andrea Di Profio Morettoni

 

 

Pauta: Dossiê PLACAR (parte II): A Copa vende sonhos, a juventude paga o preço

Veículo: Revista Placar

Jornalista responsável: Breiller Pires

 

 

Pauta: Tráfico interno de homossexuais masculinos

Veículo: Revista Brasileiros

Jornalista responsável: Fernanda Cirenza

 

 

Pauta: Meninos à venda

Veículo: Revista Brasileiros

Jornalista responsável: Fernanda Cirenza

 

 

Pauta: Exploração sexual de crianças e adolescentes no contexto da Copa do Mundo 2014

Veículo: TV Brasil

Jornalista responsável: Bianca Vasconcellos

 

 

Pauta: Da realidade ao sonho: os caminhos que levam à exploração sexual e as práticas emancipadoras

Veículo: Rádio Nacional de Brasília

Jornalista responsável: Juliana Russomano Galvão

 

 

Pauta: Chega de abuso

Veículo: Jovem Pan

Jornalista responsável: Wendell Rodrigues

 

 

Sobre o Concurso Tim Lopes de Jornalismo Investigativo

 

 

A sétima edição do Concurso Tim Lopes vai além de seu foco temático tradicional – voltado ao enfrentamento das diversas formas de violência sexual contra meninas e meninos –, para estimular a investigação dos desafios envolvidos na construção de um legado social para infância e juventude brasileira, no âmbito da Copa de 2014.

 

 

 

Diferentemente da maioria dos prêmios jornalísticos – voltados, geralmente, para o reconhecimento de matérias já veiculadas –, o júri do Concurso Tim Lopes seleciona as melhores propostas de reportagem, oferecendo aos vencedores apoio técnico e financeiro para a execução do trabalho.

 

 

 

O concurso é realizado pela ANDI – Comunicação e Direitos, pelo Funda das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Childhood Brasil, com o apoio da Organização Internacional do Trabalho (OIT), da Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo. É uma homenagem ao jornalista Tim Lopes, um dos mais importantes repórteres investigativos do país, assassinado em 2002, quando investigava casos de exploração sexual no Rio de Janeiro.

 

 

Para mais informações, acesse: www.andi.org.br/timlopes

0 comentários