Cristo Redentor ganha cor azul no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), existem no mundo cerca de 650 milhões de pessoas com necessidades especiais
 

cristo redentor azul

 

Na terça-feira, dia 3 de dezembro, entre 18h e 22h, a Rioluz, empresa da Prefeitura do Rio, vinculada da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos, em parceria com a Arquidiocese do Rio de Janeiro, trocou a iluminação do Monumento ao Cristo Redentor para cor azul em alerta ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. A data foi instituída em 1992 pela Assembleia Geral da ONU para conscientização, comprometimento e execução de programas de ação para modificar as circunstâncias de vida dos deficientes em todo o mundo.

 

Segundo dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT), existem no mundo cerca de 650 milhões de pessoas com necessidades especiais. Desse total, 450 milhões estão em idade de trabalhar. Conforme a organização, o trabalho digno é o que mais contribuí para inclusão dessas pessoas na vida política, social, econômica e cultural.

 

A data é especial para Rio luz que mantém há 10 anos um programa de inserção de pessoas portadoras de necessidades especiais no mercado de trabalho em parceria com a Associação de Pessoas Portadoras de Deficiência da Zona Oeste – ADEZO. A empresa emprega 61 portadores de necessidades, ou seja, 10% do quadro funcional, um número duas vezes maior ao que estabelece a legislação para empresas de mesmo porte. Ao todo são 30 deficientes auditivos que trabalham nos serviços auxiliares gerais e 31 portadores de deficiência física atuando no monitoramento e controle das metas operacionais da empresa. Atividade esta que tem contribuído para o ótimo desempenho da Rioluz no atendimento às demandas da Central Rio 1746, bem como na melhoria do índice de iluminação da cidade.

 

PREFEITURA DO RIO

 

 

0 comentários