Ellen Oléria, vencedora do “The Voice Brasil”, apresenta show no Rio de Janeiro

Cantora faz única apresentação em 19 de dezembro, no Teatro Rival Petrobras
 

 

No dia 19 de dezembro (5ª feira), a cantora e compositora brasiliense Ellen Oléria, grande vencedora da primeira edição programa “The Voice Brasil”, apresenta no Rio de Janeiro as músicas de seu homônimo CD de estreia “Ellen Oléria” (Universal Music). A apresentação acontece às 19h30, no palco do Teatro Rival Petrobras, na Cinelândia, RJ.

 

 

O CD de Ellen Oléria, lançado no primeiro semestre de 2013, já alcançou a marca de mais de 15 mil cópias vendidas. O disco marca o início do trabalho da cantora com a gravadora, com a qual assinou contrato após participar do programa.

 

 

No show, a cantora interpreta canções intimistas e as clássicas swingadas que gente de muitos cantos já conhece. De seu repertório autoral, estão a pegada hip hop de “Testando”, a balada romântica “Não-lugar”, e o tambor de criola em “Córrego rico”. E músicas que trazem a boa companhia de compositores que trazem fôlego para a cena contemporânea, como “Me leva”, de Paulo Djorge e Ricardo Ribeiro.

 

 

Nesse passeio, Ellen também apresenta outras músicas de sua autoria, como “Linha de Nazca” e “Geminiana” (em parceria com Felipe Viegas e Poliana Martins) e também revisita sucessos que interpretou na TV, como “Nuvem passageira” (Hermes de Aquino), seu mais novo single, “Maria Maria” e “Aqui é o País do Futebol“ (Milton Nascimento e Fernando Brant), “Zumbi” e “Taj Mahal” (Jorge Ben Jor), além de “Anunciação” (Alceu Valença).

 

 

Ainda no repertório do show estão músicas de Gilberto Gil, como “Domingo no Parque” e “Parabolicamará”, passagens importantes do show, que é aberto com um poema que a cantora interpreta, dando início a um poderoso encontro de águas e ritmos.

 

 

Sobre o palco iluminado em tons de branco, amarelo, prata e dourado – como numa resposta do sol à lua, que sempre anseia pela passagem fantástica do tempo pro encontro – Ellen Oléria pisa em tapetes mágicos, diante dos abajures e objetos minimalistas que compõem o cenário.

 

Numa atmosfera construída sob a direção musical de Pedro Martins e seus arranjos orgânicos e modernos e livres de qualquer tipo de previsão, cada canção traz seu próprio tempo sem abandonar a coerência do espetáculo. Como no movimento das marés, a cantora pode soltar a voz com fluidez e um sorriso que não sai do rosto.

 

 

Ellen Oléria sobe ao palco do Teatro Rival Petrobras acompanhada pelos músicos Pedro Martins (guitarra), Felipe Viegas (teclados), Célio Maciel (bateria), Sandro Jadão (baixo) e Léo Barbosa (percussão).

 

0 comentários