Estado investe em programa de requalificação pesqueira

Projeto de requalificação promove o desenvolvimento econômico e social das colônias pesqueiras
 

pescadoresA Secretaria de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca teve como destaques, em 2013, o programa de requalificação pesqueira nos bairros de Itaipu e Jurujuba, em Niterói, e Gradim, em São Gonçalo; além da Cidade da Pesca, projeto que tem previsão de implantação em 2014, em São Gonçalo.

 

O projeto de requalificação pesqueira promove o desenvolvimento econômico e social das colônias pesqueiras e prevê intervenções urbanas em prol da mobilidade e de melhorias em serviços como iluminação, esgoto, coleta de lixo, paisagismo e em equipamentos voltados para a atividade de pesca.

 

 

Este ano, o projeto de Itaipu foi finalizado, e o de Jurujuba, iniciado. Em janeiro será conhecida a empresa vencedora para elaborar o projeto executivo do Gradim, que beneficiará cerca de 690 famílias da região, por meio de um investimento estimado em R$ 1,7 milhão. A localidade do “Canto de Itaipu”, em Niterói, teve seu projeto de requalificação concluído em julho e beneficiou 2 mil pessoas.

 

 

Já a Cidade da Pesca, megaprojeto que reunirá no bairro de Itaoca, em São Gonçalo, as atividades de pesca, armazenamento e beneficiamento de pescado, ocupará 600 mil metros quadrados e tem previsão de gerar cerca de 10 mil empregos diretos.

 

 

Segundo o secretário Felipe Peixoto, o ano foi marcado por projetos que beneficiam os trabalhadores e moradores.

 

 

“Os projetos de requalificação pesqueira vão manter as características locais, mas darão condições dignas às pessoas que vivem nestas comunidades”, disse o secretário.

 

Governo do Rio

0 comentários