Internas no Rio enfeitam celas para concurso natalino

Cela Brilhante de Natal premiou detentas com dia de beleza, ceias e sessão de cinema
 

Natal-detentasO clima natalino já pode ser percebido nas casas, nas ruas, nos shoppings e também no Presídio feminino Nelson Hungria, em Bangu. Detentas da unidade decoraram onze dormitórios com enfeites que remetem à festa cristã para participar do concurso Cela Brilhante de Natal, organizado pela Secretaria de Administração Penitenciária. Em sua quarta edição, a disputa – que tem objetivo de promover a união entre as internas – aconteceu nesta terça-feira (dia 17), no Complexo do Gericinó.

 

Com muita criatividade, as internas confeccionaram decorações natalinas utilizando materiais recicláveis doados pela Seap ou por familiares. Para marcar o espírito de confraternização, não faltaram as tradicionais imagens de Papai Noel, pisca-piscas, pinheirinhos, e simulação de neve. Algumas internas pintaram imagens de anjos e personagens cristãos nas paredes e ainda apresentaram peças teatrais, encenando passagens bíblicas.

 

Um grupo de cinco jurados convidados avaliou os trabalhos obedecendo a critérios de criatividade, organização, disciplina, limpeza e utilização de materiais recicláveis e enfeites de Natal. A cela batizada de “Deus do Milagre” conquistou o primeiro lugar no concurso. A segunda e a terceira colocação ficaram com os dormitórios intitulados “Recomeçar” e “Perseverança e Fé”, respectivamente.

 

As vencedoras do melhor prêmio ganharam brindes e um dia de beleza, enquanto as segundas colocadas foram contempladas com uma sessão de cinema com pipoca. A ceia de Natal completa, que seria concedida apenas às internas das três celas de maior destaque, será dada a todas as participantes. A unidade ainda foi presentada com uma televisão de 50 polegadas que ficará disposta no pátio de visitas.

 

“As internas aguardavam com ansiedade pela realização do concurso e se empenharam muito confeccionando, à mão, enfeites de Natal. Elas fizeram o todo o trabalho de decoração com muito capricho e satisfação. Esse tipo de evento desperta o sentimento de fé, união e fraternidade na unidade”, disse a diretora do presídio, Ana Gabriela Rosa Maia.

 

O subsecretário adjunto de Tratamento Penitenciário do Estado, Márcio da Silva Rosa, destacou o papel da criatividade no trabalho de ressocialização.

 

“O concurso Cela Brilhante de Natal é importante pois estimula a criatividade das internas, que podem idealizar criações e se ocupar uma com uma atividade lúdica e prazerosa. Isso traz crescimento pessoal para as detentas e auxilia muito no processo de ressocialização”, afirmou Márcio.

 

Governo do Rio

0 comentários