Méier ganha UPP nesta segunda, dia 2, e pede saneamento

Moradores da parte alta da comunidade Camarista Méier esperam por serviços básicos como água, luz e esgoto após pacificação
 

upps-lins-camarista-meierGLOBO

Duas novas Unidades de Polícia Pacificadora serão inauguradas nesta segunda-feira, dia 2 de dezembro, no Rio. As áreas contempladas serão o Complexo do Lins e a Camarista Méier. No entanto, além da polícia, os moradores esperam que serviços básicos que nunca chegaram, enfim, apareçam. Falta de água, esgoto e pavimentação nas ruas de terra são as principais reclamações. 

 

 

A região mais alta, conhecida como Ouro Preto, concentra os maiores problemas do Camarista Méier. Segundo o cozinheiro Valdecir Souza Lima, de 47 anos, o que mais incomoda é a falta de luz. Por não ter energia elétrica em casa, Valdecir conta que é necessário fazer ligações clandestinas, que nunca se sustentam. Por isso, sempre falta luz. 

 

 

 

Moradores da parte mais alta, mesmo pagando IPTU, não têm água em suas torneiras. Eles precisam ligar as bombas a cada três dias para encher as caixas.  

 

0 comentários