Ministério da Saúde envia 230 mil doses de vacina para o Rio de Janeiro

Tanto para o envio dos medicamentos e insumos quanto tanto para a ação da FN-SUS é preciso que haja uma solicitação que pode ser feita pelo gestor local ou pelo governo federal por meio do Ministério da Integração
 

O Ministério da Saúde envia vacinas, medicamentos e insumos de saúde para atender a população do Rio de Janeiro, que sofre com a chuva e enchentes. Foram entregues nesta quinta-feira (12) 230 mil doses de vacinas, sendo 150 mil doses de DT (contra tétano e difteria) que são destinadas a adultos e 80 mil doses de DTP (contra difteria, tétano e coqueluche) para crianças. Além um kit de medicamentos e insumos com capacidade para atender cerca de 1.500 pessoas por mês. Cada kit é composto por 48 itens (30 tipos de medicamentos e 18 insumos para primeiros-socorros). Devem ser enviados nos próximos dias 40 mil frascos de hipoclorito que servem para purificação da água.

Por enquanto ainda não foram solicitados profissionais para ajudar no atendimento à população. Porém, a Força Nacional do SUS se mantém preparada para atuar a qualquer momento. Atualmente, o Ministério da Saúde conta com 42 equipes de respostas a desastres – formada por médicos, enfermeiros e auxiliares – em escala por semana epidemiológica para atuar em situações de emergência.

Tanto para o envio dos medicamentos e insumos quanto tanto para a ação da FN-SUS é preciso que haja uma solicitação que pode ser feita pelo gestor local ou pelo governo federal por meio do Ministério da Integração.

FORÇA NACIONAL DO SUS – Criada em novembro de 2011 para agir no atendimento a vítimas de desastres naturais, calamidades públicas ou situações de risco epidemiológico, a FN-SUS atuou em 19 missões, sendo seis de desastres naturais, quatro relacionados à assistência, oito de apoio à gestão local nas diversas situações e uma de tragédia.

Ainda em 2013, houve a missão exploratória na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro, após a enchente, com envio de técnicos da FN-SUS e distribuição de kits desastres contendo insumos estratégicos e medicamentos, descartáveis e hipoclorito de sódio para descontaminação e tratamento da água.

 

Agência Saúde

0 comentários