Número de motoristas embriagados abordados pela Operação Lei Seca cai 32%

Ações educativas ajudam a mudar o comportamento de condutores fluminenses
 

Lançada há 4 anos para combater a nociva mistura entre álcool e direção, a Operação Lei Seca (OLS), da Secretaria de Governo, tem provocado mudanças no comportamento dos motoristas. E as estatísticas comprovam que os condutores estão mais conscientes. Este ano, o número de embriagados flagrados ao volante caiu 32% em comparação ao mesmo período de 2012. Foram 22.608 casos até o dia 25 de dezembro, contra 33.262 registros até a mesma data no ano anterior.

 

Para o coordenador-geral da OLS, major Marco Andrade, o resultado positivo é reflexo do maior alcance das ações educativas. A quantidade de palestras realizadas em escolas, universidades e empresas subiu 95%, passando de 220 em 2012 para 429 este ano. Um total de 35.464 pessoas recebeu certificado de participação dos debates, número 79% maior do que em 2012.

 

– Queremos mudar a percepção da sociedade pela conscientização e, por isso, otimizamos as ações educativas. Nossas palestras são ministradas por vítimas do trânsito e observamos que têm surtido efeito, porque as pessoas estão mudando de comportamento. Focamos em três públicos distintos: nos futuros motoristas, que estão nas escolas; no jovem condutor, nas universidades; e nas empresas atinjo o homem maduro. É investimento a curto, médio e longo prazos – afirmou o major.

 

Outra prova da crescente aceitação e maior conscientização da sociedade é a redução do número de motoristas que se recusam a realizar o teste do bafômetro. Os casos de recusa caíram 41% este ano. Foram 18.733 negativas em 2013, contra 31.557 no ano passado.

– Ouvimos as pessoas falarem que devemos fiscalizar mesmo. E é isso que pretendemos, aumentando significativamente nossa presença no interior do estado, além de continuar consolidando nossa atuação na Região Metropolitana – disse o coordenador da OLS.

 

Operação fim de ano

 

 

Durante as festas de fim de ano, a Operação Lei Seca vai mobilizar todo seu efetivo de 250 agentes. Na véspera e noite de Natal, foram realizadas 28 blitzes na Região Metropolitana. Nos dias 31 de dezembro e 1° de janeiro, a operação especial se repetirá com 14 equipes a cada dia.

 

Na operação de Natal deste ano, os fiscais abordaram um número maior de motoristas com algum índice de álcool no sangue. Foram 210 casos, contra 166 nos dias 24 e 25 de dezembro de 2012.

 

– Pode ser que muitos não acreditaram que estaríamos na rua. Mas estamos cumprindo nosso papel. E se o número de motoristas alcoolizados subiu, sinal que nos antecipamos e impedimos um possível acidente – disse o coordenador da OLS.

 

Desde o início da Operação Lei Seca no estado, em março de 2009, até a madrugada do dia 25 de dezembro, foram abordados 1.357.558 motoristas. Ao todo, 102.684 condutores tiveram a CNH recolhida e 259.367 multas foram aplicadas.

 

Governo do Rio

0 comentários