Parceria com a ONG Doutores da Alegria beneficia sete hospitais estaduais

Apresentações do projeto Plateias Hospitalares levam às alas e enfermarias trechos da história do nascimento de Jesus
 

Parceria-ONG-e-doutores-da-alegriaO Auto de Natal do grupo Bando de Palhaços está encerrando o quarto ano do projeto Plateias Hospitalares, parceria da Secretaria de Saúde com a ONG Doutores da Alegria, nos hospitais estaduais do Rio. A sequência de apresentações, que se estende até a próxima quinta-feira (12/12), acontece em formato de cortejo em sete unidades de saúde, levando às alas e enfermarias trechos da história do nascimento de Jesus.

 

Tiago Quites, assistente de produção da ONG e intérprete do anjo narrador da história, explica que cada apresentação mensal conta com uma atração diferente.

 

“Nosso foco é trabalhar a cultura dentro dos hospitais. Apresentamos projetos de música, teatro e contação de histórias. A forma de cortejo é importante para quem não pode sair do leito. No Auto de Natal, abordamos a chegada do menino Jesus de forma lúdica e divertida”, explicou Tiago.

 

 

Para Vilma Couto, funcionária responsável por recepcionar e acompanhar o grupo pelas três alas geriátricas do Hospital Estadual Eduardo Rabello, na Zona Oeste, o trabalho dos palhaços integra não só os mais de 120 pacientes atendidos, mas os médicos e funcionários da unidade.

 

 

“Todos participam e colaboram com as atividades. Os pacientes cantam, se emocionam e ficam mais sociáveis. Já vi uma senhora levantar do leito para dançar”, disse Vilma.

 

 

Acompanhando a mãe durante exames, Marilene Cerqueira, de 51 anos, notou a mudança positiva no comportamento dos idosos.

“Este tipo de iniciativa trás alegria e esperança. Antes de o grupo chegar, uma das senhoras internadas estava inquieta, reclamando de dores. A mudança dela foi visível, logo começou a sorrir e interagir com os palhaços”,  afirmou Marilene.

 

Governo do Rio

0 comentários