Passeata contra aumento da passagem termina pacificamente no centro do Rio

O protesto, organizado pelo Movimento Passe Livre, reuniu centenas de pessoas que saíram em passeata pelas principais ruas da região
 
A manifestação contra o aumento da passagem de ônibus do Rio terminou, pacificamente, por volta das 20h20, na noite de sexta-feira (20/12), nas proximidades da sede da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros (Fetranspor), na Rua da Assembleia, no centro da capital fluminense.
 

O protesto, organizado pelo Movimento Passe Livre, reuniu centenas de pessoas que saíram em passeata pelas principais ruas da região. Caminhando lentamente e parando a cada cruzamento, o grupo ganhou adeptos durante percurso. Os manifestantes passaram pelas avenidas Almirante Barroso e Presidente Antônio Carlos até o Palácio Tiradentes, sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

 

A Polícia Militar seguiu a passeata, monitorando um grupo de black blocs que carregava uma faixa com palavras de ordem contra a corrupção e a favor da revolução. A manifestação também foi acompanhada por advogados e paramédicos voluntários. Perto da Alerj, os black blocs colocaram fogo em uma caixa de madeira, mas não houve tumulto nem confronto com a Tropa de Choque que estava posicionada na Rua da Assembleia, em frente ao prédio da Fetranspor.

 
Agência Brasil

0 comentários