Rio assina acordo de cooperação com Estado de Maryland

Convênio firmado com estado americano é voltado para a recuperação e limpeza da Baía de Guanabara
 

Acordo-com-MarylandO Governo do Estado do Rio assinou, nesta quarta-feira (4/12), um convênio de cooperação com o Estado de Maryland, nos Estados Unidos, para a realização de um projeto para compartilhar experiências entre os estados, em governança e sistemas tecnológicos, e na recuperação e limpeza da Baía de Guanabara. No evento, realizado no Palácio Guanabara, o governador Sérgio Cabral recebeu o governador americano Martin O’Malley.

Na ocasião, foram assinados também um memorando de entendimento entre o Departamento de Negócios e Desenvolvimento Econômico de Maryland, o Bio Maryland Center e o Polo de Biotecnologia do Rio de Janeiro. O objetivo é fomentar pesquisa, treinamento e intercâmbio profissional e científico. Outro documento assinado pelas autoridades foi uma declaração reafirmando a amizade entre o Estado do Rio de Janeiro e o Estado de Maryland.

 

“Estes convênios dão continuidade a outros e eles têm repercutido na vida real das pessoas, com melhorias, por exemplo, na questão ambiental. Nós estamos aprendendo muito com a experiência de Maryland com a despoluição da baía de Chesapeake e vamos agora incrementar este convênio, ampliando para a educação, para a questão biotecnológica, que é muito importante, e também para a saúde. É muito importante trocar experiências entre os estados, além de estimular negócios entre empresários cariocas e empresários americanos. Isto é muito positivo”, disse o governador.

 

Durante o evento, o governador de Maryland agradeceu a hospitalidade e parabenizou o Governo do Rio pelo sucesso da política das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

“A parceria que os dois estados mantêm há 15 anos está produzindo muitas colaborações positivas, não só em comércio e na criação de empregos, mas também em desafios que vamos enfrentar, como a recuperação das baías de Guanabara e de Chesapeake. Existem muito poucos lugares neste planeta tão vivos e vibrantes quanto o Estado do Rio de Janeiro. O que o governador Sérgio Cabral foi capaz de fazer aqui, restaurando a Segurança Pública em tantas comunidades, estimulando a classe média a crescer, fazendo tantos progressos em tão pouco tempo, é uma inspiração. É por isto que queremos mais parcerias com o Rio de Janeiro e que as nossas parcerias fiquem mais fortes sempre”,  afirmou O´Malley.

 

Segundo a presidente do Inea, Marilene Ramos, muitos dos projetos que foram desenvolvidos para a despoluição da Baía de Chesapeake, em Maryland, são bem-sucedidos e têm potencial para serem replicados na Baía de Guanabara. Alguns deles são experiências específicas em aspectos como tratamento de esgoto, de resíduos sólidos e recuperação de áreas degradadas.

 

“Estamos com uma grande expectativa para esta cooperação com o Estado de Maryland. A despoluição da Baía de Chesapeake é uma experiência de sucesso que pode nos ajudar muito a avançar na despoluição da Guanabara. Alguns técnicos já estiveram aqui e com isto vamos desenvolver principalmente uma estrutura de governança para a Baía de Guanabara, que possa coordenar todo o trabalho, para potencializar investimentos e resultados”, disse Marilene.

 

Nesta quinta-feira (5/12), o governador de Maryland vai a São Gonçalo visitar o Hospital do Trauma, que teve profissionais treinados por membros do Hospital Johns Hopkins, de Maryland, por meio de convênio assinado com o Governo do Estado em 2011.

 

Governo do Rio

0 comentários