Rio registra criação de mais de 6,6 mil novos empregos

Salário na construção civil fluminense é um dos destaques do mês de outubro, com alta de 13,3%
 

construcao-civil-003O mês de outubro registrou a criação de 6.686 novos empregos formais no Estado do Rio, o que corresponde a um aumento de 0,17% em relação ao mês anterior. Os dados fazem parte do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho. O crescimento é resultado, principalmente, do bom desempenho do comércio, com mais 5.535 postos de trabalho, e da indústria de transformação, com mais 956 vagas. Nos primeiros dez meses de 2013, houve acréscimo de 89.420 postos de trabalho, aumento de 2,36%.

 

 

Os municípios que registraram os melhores saldos de emprego em outubro (contratações menos demissões) foram os seguintes: Rio de Janeiro, com 2.880 empregos formais; Nova Iguaçu, com 602; São João de Meriti, com 527; São Gonçalo, com 506; e Rio das Ostras, com 395.

 

 

Salário em alta na Construção Civil

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a remuneração no setor de construção civil registrou variação positiva este ano, em comparação a 2012. O salário médio chegou a R$ 1.4272,53, um crescimento de 13,3%. Considerando os principais Setores de Atividades, a área tem o terceiro melhor salário médio do estado. Em primeiro lugar, está a indústria extrativista mineral, seguida da administração pública (confira os números abaixo).

 

“As obras relacionadas à Copa do Mundo e às Olimpíadas, bem como a capacidade do Estado de atrair novos empreendimentos, foram decisivas. O setor de construção civil registrou a criação de 20.867 postos de trabalho em 10 meses. Assim, o Rio é o terceiro estado em saldo de empregos no setor, além de São Paulo e Minas Gerais”, disse o secretário de Trabalho e Renda, Sergio Romay.

 

 

Confira os dados do IBGE:

Extrativista mineral – R$ 3.799,79

Administração pública – R$ 1.695,93

Construção civil – R$ 1.472,53

Serviços industriais de utilidade pública – R$ 1.384,00

Serviços – R$ 1.330,49

Indústria de transformação – R$ 1.291,76

Comércio – R$ 953,67

Agropecuária – R$ 946,51

 

Saldos de empregos na construção civil no Estado do Rio entre 2007 e 2013:

2007 – 13.234

2008 – 33.583

2009 – 11.071

2010 – 15.975

2011 – 37.363

2012 – 32.939

2013 – 20.867 (até outubro)

 

0 comentários