Tatuzão começa a operar este mês nas obras da Linha 4 do Metrô

Equipamento vai perfurar cerca de 15 metros de túnel por dia no empreendimento
 

TatuzãoAté o fim da primeira quinzena deste mês, o Tatuzão começa a operar no trecho entre Ipanema e Gávea para a construção da Linha 4 do Metrô. Com mais de 120 metros de comprimento, o gigantesco equipamento foi transportado da Alemanha para o Rio de Janeiro de navio, separado em partes em 23 contêineres.

 

Após quatro meses de montagem e testes, o Tunnel Boring Machine (TBM) está quase pronto para começar a escavar cerca de 15 metros por dia. A previsão é de que, no começo de 2014, o túnel chegue à primeira estação, a Nossa Senhora da Paz. Em setembro de 2015, o Tatuzão atingirá a estação da Gávea e será desmontado.

 

Máquina pesa duas mil toneladas

 

A máquina pesa duas mil toneladas e tem 120 metros de comprimento por 11,5 metros de diâmetro, o equivalente a um prédio de quatro andares. De acordo com o gerente de Produção do Consórcio Linha 4 Sul, Aluísio Coutinho, o Tatuzão foi escolhido para o trecho das obras na Zona Sul, por causa do solo rochoso e arenoso da região. Ele foi projetado para lidar com dois tipos de terreno em uma mesma obra a cerca de 20 metros de profundidade.

 

“Esta metodologia é a que vai trazer o menor impacto para a sociedade, pois teremos menos interferências na superfície”, disse Aluísio, explicando que, apesar do tamanho, a máquina não prevê ruídos, justamente pelo seu método de trabalho.

 

Na parte da frente do Tatuzão, uma roda de 11,5 metros de diâmetro vai girar pressionando e cortando em pequenos pedaços o material encontrado. Além de retirar o entulho, o equipamento vai posicionar placas de concreto que pesam cerca de oito toneladas. A ideia é deixar o túnel pronto após cada trecho operado pela máquina.

 

A cada 1,80 metros de perfuração, o Tatuzão interrompe o trabalho e instala as placas. Nos primeiros 300 metros de trabalho, o equipamento vai encontrar rocha e, a partir da estação Nossa Senhora da Paz, ele será programado para trabalhar na areia. Em Ipanema, serão três turnos de trabalho.

 

Cerca de 30 profissionais vão atuar dentro da máquina e outros 70, do lado de fora. No total, 300 trabalhadores estarão empenhados em abrir caminho para o metrô passar.

 

As obras da Linha 4 do metrô começaram em outubro de 2012 e, desde janeiro, os funcionários preparam as estações para a chegada do Tatuzão.

 

0 comentários