Av. Brasil tem novo esquema de tráfego para obras, na altura de Ramos, sentido Centro

Visando minimizar os efeitos ao tráfego será montada uma operação de trânsito que contará com a participação de 60 controladores de trânsito da CET-Rio
 

transito-na-avenida-brasil-perto-do-centroA partir da 0h de sábado, dia 18 de janeiro, serão efetuadas intervenções na Avenida Brasil, altura de Ramos, em decorrência das obras da Transcarioca. Logo após o acesso à Ilha do Governador, a faixa direita da pista central da Avenida Brasil no sentido Centro será fechada ao tráfego, ficando liberadas duas faixas e a seletiva. O mesmo acontece no sentido inverso (Zona Oeste), que já estava com a pista da direita interditada em função do avanço da obra.

No mesmo trecho, a pista lateral sentido Zona Oeste será totalmente interditada. Os motoristas terão como alternativa seguir pela pista central ou acessar a Av. Brigadeiro Trompowski, retornando para a pista lateral da Av. Brasil pela Rua Santo Adalardo.

Já a pista lateral, sentido Centro, terá a faixa da esquerda interditada e haverá o alargamento da pista para a calçada, ficando duas faixas liberadas para o trânsito.

Visando minimizar os efeitos ao tráfego será montada uma operação de trânsito que contará com a participação de 60 controladores de trânsito da CET-Rio que trabalharão para manter a fluidez, efetuar os bloqueios e os desvios necessários, além de dois reboques posicionados para desobstrução das vias em caso de quebra de veículo ou qualquer acidente.

Os itinerários das linhas de ônibus serão alterados seguindo os desvios estabelecidos pela CET-Rio e Guarda Municipal. Todos os pontos de ônibus serão mantidos.

O Centro de Operações Rio fará o monitoramento de toda a região impactada, permitindo que técnicos da CET-Rio façam ajustes em função das condições do trânsito em cada momento. Além disso, oito painéis de mensagens variáveis móveis e cinco fixos passarão orientações aos motoristas, informando sobre os bloqueios e as rotas a serem utilizadas, além das condições do tráfego.

0 comentários