Estado inicia o ano com avanços em áreas estratégicas

Ações do governo elevam qualidade de vida da população do Rio de Janeiro
 

O Estado do Rio começa o ano com significativos avanços em áreas estratégicas. A série Rio em 2014 vai mostrar que os investimentos dos últimos sete anos em setores como Educação, Saúde, Segurança, Obras, Transportes, Habitação e Trabalho e Renda impactaram positivamente a qualidade de vida da população.

 

 

A primeira reportagem mostra que as obras nas escolas da rede estadual receberam investimentos de R$ 693 milhões. Além disto, a previsão é de que sejam inauguradas mais 14 unidades até o fim do ano.

 

 

Na Saúde, os números também são expressivos. Após encerrar 2013 com um aumento de 32% no número de internações e de 500% no de cirurgias na rede pública, a expectativa é de crescimento este ano. 

 

 

Até o fim de 2014, o número de UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) instaladas chegará a 40. Atualmente, cerca de 1,5 milhão de pessoas são beneficiadas pelo programa de pacificação. 

 

 

A infraestrutura do estado também recebeu atenção especial. Em sete anos, foram investidos R$ 9,1 bilhões em obras nos municípios fluminenses. Atualmente, o programa Bairro Novo realiza intervenções de drenagem, pavimentação e construção de calçadas em 2.265 ruas de 131 bairros. A iniciativa tem investimento de R$ 1,3 bilhão em 19 cidades.

 

 

Na área de Transportes, o governo estadual ampliou a frota de trem e metrô. Além disto, o Bilhete Único, criado em 2010, já tem mais de 2,38 milhões de usuários beneficiados.

 

 

Com resultados positivos na política de geração de empregos e renda, o Estado tem como meta diminuir a taxa de 3,8% de desocupação na Região Metropolitana. O índice é mais baixo do que o registrado na média nacional no mês de novembro, que foi de 4,6%.

 

 

O Programa de Regularização Fundiária, coordenado pela Habitação, já concedeu 17 mil títulos de propriedade. Outro destaque foi a construção de 5.227 moradias no estado.

 

 

0 comentários