Inea amplia informações sobre a balneabilidade das praias

Orlas da Zona Sul e Barra da Tijuca terão dados específicos sobre locais de coleta
 

O Inea (Instituto Estadual do Ambiente) mudou a forma de divulgar os boletins de balneabilidade das praias no estado. Agora, o documento especifica as condições de qualidade das águas no entorno de cada um dos pontos de coleta, e não mais o resultado consolidado para todo o arco da orla avaliada. 

 

 

Dez praias da Barra e Zona Sul terão mais de um ponto de coleta: Grumari, Pontal de Sernambetiba, Recreio, Barra da Tijuca, São Conrado, Leblon, Ipanema, Copacabana, Botafogo e Flamengo. Em Copacabana, há quatro locais de análise. 

 

 

Apesar da mudança, o método de monitoramento não sofrerá alteração. As amostras de água continuarão sendo coletadas duas vezes por semana e analisadas nos laboratórios do instituto. De acordo com o gerente de Qualidade da Água do Inea, Leonardo Daemon, a medida tem como objetivo detalhar as condições do mar para os frequentadores. 

 

 

“A dica para o banhista é verificar os boletins no site do Inea antes de frequentar qualquer praia. É sempre bom evitar os pontos que frequentemente estão impróprios, como a praia de Botafogo”, disse Daemon.

 

 

Veículo anfíbio oferece passeios

Os turistas poderão admirar as belezas naturais do Rio a bordo de um ônibus anfíbio, que oferecerá um passeio terrestre pela orla carioca e um mergulho na Baía de Guanabara. Com o apoio da Secretaria de Turismo, o transporte tem capacidade para 28 passageiros. 

 

 

Com uma hora e meia de duração, o city tour começa na Urca, em frente à entrada do bondinho do Pão de Açúcar e segue pelo Aterro do Flamengo, chegando até a Marina da Glória, onde mergulha em direção à Baía de Guanabara. Os ingressos para o passeio – que pode ser agendado – custam R$ 100. Moradores da cidade têm 50% de desconto.


Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

 

 

1 comentário

  1. Gustavo

    Só falta agora conseguirem divulgar isso de forma consistente em um site que as pessoas encontrem. Alguém aí já tentou achar o resultado da análise de balneabilidade de uma determinada praia para a semana? Aparece de tudo, menos o que se precisa saber.