Moradores de Irajá fecham ruas em protesto contra a falta de luz

Eles fecharam a Avenida Martin Luther King Junior e atearam fogo a pneus
 

Moradores da localidade conhecida como Aurora, em Irajá, bairro da zona norte do Rio, protestaram na manhã desta quinta-feira (2/01) contra a falta de energia elétrica. Eles fecharam a Avenida Martin Luther King Junior e atearam fogo a pneus. A comunidade está sem luz desde o dia 30 de dezembro de 2013, e relata também problemas no abastecimento de água.

 

Segundo o comandante do 41º Batalhão de Polícia Militar, coronel Luiz Carlos Leal, o protesto foi contornado. Os militares convenceram as lideranças a liberar o trânsito e levaram representantes da comunidade à sede da companhia de energia Light. A empresa informou ter enviado um técnico ao local para normalizar o abastecimento.

 

Procurada pela reportagem, a Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae) disse ter enviado um profissional para verificar a rede de abastecimento, mas não confirmou problemas no fornecimento de água.

 

Agência Brasil

0 comentários