MTur divulga perfil de turista da capital carioca

A pesquisa, realizada em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, mostra também que 53,2% dos entrevistados pretendem viajar de avião
 

Os moradores da capital carioca vão viajar mais em 2014. É o que revela o último estudo do Ministério do Turismo, sobre a vontade de viajar do brasileiro. A intenção de viagem do fluminense aumentou de 28,9% para 32% (de dezembro do ano passado para dezembro desse ano). Há uma parcela crescente de turistas fluminenses escolhendo o próprio Brasil como destino turístico (aumento de 66,3% para 72,4%, no mesmo período), o ônibus como meio de transporte (de 9,4% para 10,7%) e a casa de amigos como meio de hospedagem (de 28,1% para 37,4%). No entanto, o morador da capital carioca ainda prefere o avião como meio de transporte (54,3%) e os hotéis como meio de hospedagem (54,9%).

 

 

A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem é feita pelo Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. Ela é realizada mensalmente em Brasília, Salvador, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte e mede a Intenção de viagem do brasileiro pelos próximos seis meses. São entrevistadas cerca de duas mil pessoas.

 

A última pesquisa do Ministério do Turismo, que mede a intenção de viagem do brasileiro revela que mais de 37% dos entrevistados nas sete maiores capitais do país pretendem viajar nos próximos seis meses pelo Brasil e exterior.

 

O percentual de pessoas interessadas em visitar destinos nacionais também foi recorde anual: 76,2% frente aos 22% que devem desembarcar em outros países. Entre as paisagens brasileiras mais requisitadas, a região Nordeste continua imbatível como objeto de desejo. É a preferida de 40,1% dos turistas que pretendem viajar. Os estados do Sul aparecem em segundo lugar, com 23,3% das preferências, seguidos do Sudeste, com 21,7%.

 

A pesquisa, realizada em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, mostra também que 53,2% dos entrevistados pretendem viajar de avião. Em dezembro de 2012 eram 43,7%. O segundo meio de transporte mais utilizado será o automóvel, com 35%, e o ônibus, com 7,8%. A maioria dos entrevistados (48%) pretende hospedar-se em hotéis e pousadas e uma parcela menor (39,8%) afirma preferir casa de parentes e amigos.

 

Ministério do Turismo

 

0 comentários