Museu da Imagem e do Som recebe Milton Gonçalves

O ator e diretor mineiro, de 80 anos, começou sua carreira em São Paulo
 

Milton-Goncalves-Milton Gonçalves será entrevistado por Benedito Sérgio, presidente do Instituto de Pesquisas das Culturas Negras e da Associação Nacional de Pensionistas do IBGE, o advogado Jorge Gama, a atriz Léa Garcia e o ator Maurício Gonçalves no dia 22 de janeiro, no Museu da Imagem e do Som (MIS), na sede da Praça XV. O evento começa a partir das 13h30 e tem entrada franca.

 

O ator e diretor mineiro, de 80 anos, começou sua carreira em São Paulo. Em vez de ser o motorista da família para qual sua mãe trabalhou, Milton preferiu tentar a profissão de gráfico e, um dia, após assistir uma peça decidiu entrar para um clube de teatro amador, do qual passou logo para um profissional. Isto foi até ser chamado pelo diretor carioca Augusto Boal para integrar a peça “Ratos e Homens” (1957), no Teatro de Arena de São Paulo, na qual subiu ao palco ao lado de Gianfrancesco Guarnieri, Flavio Migliaccio e tantos outros.

 

No grupo, Milton escreveu quatro peças, uma delas montada pelo Teatro Experimental do Negro e dirigida por Dalmo Ferreira. Militante do movimento negro, o ator tentou a carreira política nos anos 1990, ao candidatar-se a governador do Estado do Rio de Janeiro. Na TV participou de inúmeros seriados, minisséries, casos especiais e novelas, como Roque Santeiro (1985), Cambalacho (1986), As noivas de Copacabana (1992), O rei do gado (1996) e outros programas, além da novela Lado a Lado (2012), que recentemente conquistou o Emmy Internacional.

 

Depoimento para posteridade

Em 1966, o MIS inaugurou o projeto Depoimentos para a posteridade, programa inédito de história oral criado para preservar a memória de diversos setores da cultura nacional, como a música, literatura, cinema e artes plásticas. Atualmente conta com um acervo de mais de mil depoimentos, com 4 mil horas de material gravado em áudio e vídeo de figuras notáveis, como Nelson Rodrigues, Tarsila do Amaral, Isaac Karabitchesky, Dona Ivone Lara e Gilberto Braga. Todos os testemunhos ficam à disposição do público nas salas de consulta do museu, 48 horas depois do término da entrevista.

Serviço

Local: Museu da Imagem e do Som do RJ – Praça Luiz Souza Dantas, 01, Praça XV

Data: 22 de janeiro, quarta-feira

Horário: 13h30

Entrada franca

Informações: 2332-9520 / 2332-9506

0 comentários