Procon Carioca vai fiscalizar preços cobrados em hotéis durante a Copa do Mundo

Toda a rede hoteleira da cidade receberá visitas frequentes dos fiscais
 

O Procon Carioca, órgão da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor, se reúne nessa quinta-feira (16/01), com o Ministério da Justiça, a Secretaria Nacional do Consumidor (SENACON) e representantes da rede hoteleira, para discutirem a realização de operações na Copa do Mundo. O objetivo é evitar aumentos abusivos nos preços das diárias e garantir a qualidade do atendimento, entre outros itens previstos no Código de Defesa do Consumidor.

Ocupação hotéis para o réveillon no Rio de Janeiro cai em comparação ao ano anteriorSegundo a secretária municipal de Defesa do Consumidor, Solange Amaral, toda a rede hoteleira da cidade do Rio de Janeiro, especialmente da Zona Sul e Barra da Tijuca, receberá visitas frequentes, a partir de maio deste ano.

0 comentários