Programas do Governo do Estado priorizam bem-estar de idosos

Secretaria de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida investe em saúde e reinserção social para a terceira idade
 

bem-estar-idososO Governo do Estado vem investindo cada vez mais na população de terceira idade. O aumento da expectativa de vida faz com que essas pessoas precisem ser reinseridas na sociedade, tornando-se mais ativas social, física e intelectualmente. Com pouco mais de um ano de funcionamento, a Secretaria de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida implantou cinco projetos voltados para este segmento da população: Academias da Terceira Idade; Era Digital na 3ª Idade; Bailando na Melhor Idade; Projeto Qualimóvel e Movimenta Terceira Idade. Em apenas quatro deles, aproximadamente 10.120 idosos são atendidos.

 

Recém-implantado, o Era Digital na 3ª Idade, feito em parceria com o Instituto Ideias, levará conhecimentos de informática para idosos de 12 municípios. Nas aulas, realizadas num microônibus, com 10 PCs, eles aprendem noções de Windows, Word e navegação na internet. Atualmente, o microônibus está na cidade de Comendador Levy Gasparian, com 4 turmas. Paraíba do Sul já recebeu a primeira turma, e formou 82 alunos.

 

Aposentado há mais de três décadas, José Coelho, de 82 anos, contou que achou um pouco difícil usar um PC nas primeiras aulas, mas que está feliz por poder aprender informática.

 

– Quando eu era criança, nem rádio existia. Então é muita tecnologia nova que vi surgir na vida. Sempre tive vontade de aprender a mexer em computador. Agora, com esta oportunidade gratuita, fica mais fácil – disse.

 

Já a manicure Maria da Conceição Inês de Souza, de 61 anos, quer aprender a usar outras redes sociais além do Facebook, através do qual conversa com a sobrinha, que mora na Alemanha, e com os sobrinhos, de Sorocaba (SP).

 

– A modernidade chega e a gente tem que se adaptar. Se não, vamos ficando para trás. Quero aprender a colocar crédito no celular e a fazer compras pela internet. Também preciso pesquisar sobre unhas e cabelos na web –explicou.

 

Segundo o secretário de Envelhecimento Saudável, Marcus Vinícius, grande parte dos idosos ficou excluída do processo de inclusão tecnológica e muitos sentem a necessidade de ser incluídos no mundo virtual.

 

– Com o uso da internet eles podem, por exemplo, pagar contas e se conectar às redes sociais. E mais que isso: podem estar mais atualizados profissionalmente, já que uma parcela considerável dos idosos busca continuar trabalhando – disse o secretário.

 

Na área da saúde, por sua vez, o Centro Estadual de Trauma do Idoso (CETI) já realizou mais de 1.413 cirurgias ortopédicas e 2.431 consultas laboratoriais, até dezembro de 2013. Inaugurado em outubro de 2012, o CETI funciona no Hospital São Francisco de Assis, na Tijuca. Foram feitas reformas no centro cirúrgico, criados 30 leitos de enfermaria, cinco leitos de CTI e foi reforçado o quadro de médicos especializados, com 17 ortopedistas e sete anestesistas. As cirurgias mais comuns são para corrigir fratura de fêmur proximal, o tipo mais comum de trauma sofrido por pessoas com mais de 60 anos.

 

Já a Secretaria de Esporte e Lazer oferece à população de terceira idade o Esporte RJ (antigo Suderj Informa e Rio 2016), núcleos que reúnem atividades esportivas para um público que inclui idosos. Atualmente, cerca de 30 mil pessoas são beneficiadas nos 400 núcleos que oferecem atividades gratuitas, em bairros da capital, Baixada Fluminense, Região dos Lagos e Região Metropolitana. Cada núcleo – implantado e administrado por Organizações Sociais (OS)- conta com um professor de educação física, um agente de saúde e um integrador. A ideia é chegar a 1.000 núcleos nos 92 municípios do estado.

 

Projetos da Secretaria do Envelhecimento Saudável:

 

Projeto Terceira Idade Saudável – Tem como base a implantação de 45 Academias da Terceira Idade (ATI), que contam com equipe multiprofissional. No total, até o momento, são 4.806 idosos atendidos. Cada equipe tem um professor de educação física, um fisioterapeuta, um nutricionista e um técnico de enfermagem.

 

Projeto Qualimóvel –Já foi realizado em 19 municípios, com 22.054 atendimentos nas unidades móveis. Cada uma delas é estruturada e equipada para procedimentos de odontologia, oftalmologia e geriatria. Ao todo, o Qualimóvel já realizou 22.054 procedimentos.

 

Movimenta 3ª Idade – A ação oferece atividades culturais, de lazer, educacionais, físicas e de promoção à saúde para a população da terceira idade. O primeiro encontro foi realizado em Copacabana, com a apresentação de um show de academia de dança de renome e uma aula de dança. O segundo evento, também com espetáculo de dança, foi em Nova Iguaçu.

 

Bailando na Terceira Idade – Bailes promovidos em diversos municípios, que já contemplaram mais de 4.037 idosos.

 

Governo do Rio

0 comentários