Tecnologia a laser ajuda a remover tatuagens

De acordo com a biomédica Bruna Zambone, da clínica Bioskin Laser, especialista na remoção de tatuagem, é possível remover até 90% dos pigmentos da tatuagem
 

tatuagemA tatuagem é uma prática que tem sido cada vez mais popularizada, especialmente entre jovens. Desenhos, imagens, nomes, símbolos em diferentes tamanhos, formas e cores tomam conta de partes dos corpos humanos, reafirmando crenças e revelando estilos e personalidades diferentes. Marcas de um momento que ficarão eternizadas.

 

 

No entanto, com o tempo e a possibilidade natural de mudança de crenças e opiniões, há aquelas tatuagens que deixam de representar símbolos positivos e passam a incomodar. Aí vem o impasse: como remover uma marca que foi gravada na pele?

 

 

De acordo com a biomédica Bruna Zambone, da clínica Bioskin Laser, especialista na remoção de tatuagem, é possível remover até 90% dos pigmentos da tatuagem. “Por meio da aplicação do laser Q-switche, sobrepõe-se a área pigmentada para eliminação da tatuagem”, disse. Segundo ela, o número de sessões varia para cada pessoa e as cores mais claras levam mais tempo para serem removidas. “O processo, denominado fotoacústico, possui um desconforto térmico e resulta numa aplicação com maior sensibilidade na área aplicada, tanto durante a sessão quanto no pós-laser, que requer cuidados especiais e uso de medicamentos para cicatrização”, afirmou.

 

 

A estudante Pâmella Borges decidiu remover a tatuagem que fez há pouco mais de dois meses por uma questão estética. “Tatuei dois corações, um abaixo de cada ombro, mas achei que um deles ficou torto e quis remover. Quando puder, vou refazer a tatuagem”, disse.

 

 

Segundo Bruna Zambone, vários pacientes optam pela remoção parcial ou clareamento da tatuagem. “As marcas após a remoção são caracterizadas pela descoloração natural da pele, resulta num sombreamento do local que vai ser novamente pigmentado pelo próprio organismo, porém é bom saber que este processo é lento e pode levar até 2 anos para ficar uniforme o local novamente”, afirmou.

 

Assessoria

0 comentários