Temperaturas batem recorde em diversas partes do planeta

O programa Amazônia Brasileira vai ao ar de segunda a sexta, às 8h (horário de Brasília), na Rádio Nacional da Amazônia
 

O programa Amazônia Brasileira desta sexta-feira (10/01) entrevistou o secretário executivo do Observatório do Clima, Carlos Rittil. Como temos observado nas últimas semanas as pessoas tem convivido com temperaturas extremas em diversas partes do planeta. Na América do Norte foram registradas as mais baixas temperaturas desde que a medição é feita há mais de cem anos. Um frio glacial, incomum na região, já levou diversas pessoas à morte.

 

Enquanto isso, na América do Sul as temperaturas estão extremamente altas, sendo que no Rio de Janeiro os termômetros chegaram a marcar 50 graus. Além das temperaturas apresentarem níveis extremos, chama também a atenção o fato de a sensação térmica estar sempre muito além daquilo que marcam os termômetros, tanto no frio quanto no calor. E por que a diferença entre a sensação térmica e o que marcam os termômetros tem sido tão grande, chegando a ultrapassar 10 graus? Confira a entrevista na integra.

 

O programa Amazônia Brasileira vai ao ar de segunda a sexta, às 8h (horário de Brasília), na Rádio Nacional da Amazônia. A apresentação é de Beth Begonha.

 

 

0 comentários