Carnaval: RJ recomenda vacinação contra sarampo para quem for viajar ao Ceará e Pernambuco

Estes estados do Nordeste estão apresentando aumento de número de casos da doença. Vacina tríplice deve ser tomada com pelo menos 10 dias de antecedência da viagem
 

A Secretaria de Estado de Saúde recomenda às pessoas que forem viajar para regiões com transmissão de sarampo, como Ceará e Pernambuco, que tomem a vacina contra a doença no mínimo com 10 dias de antecedência, desde que não tenham se submetido a vacina ou não tenham história anterior da doença. Essa medida da equipe de Vigilância do Estado do Rio de Janeiro se faz necessária em virtude do registro de diversos casos da doença nos dois estados do Nordeste. Crianças e adolescentes devem tomar duas doses da vacina, entretanto tomando apenas a primeira já é possível viajar. Para os adultos, uma dose é suficiente. O Ministério da Saúde orienta que crianças a partir de 6 meses devem ser vacinadas (em caso de viagem), no entanto aquelas menores de um ano deverão tomar uma outra dose da tríplice viral ao completar 12 meses de idade e uma dose de tetra viral aos 15 meses de idade. 

 

 

Em todo estado do Rio de Janeiro, o último caso autóctone foi registrado em 2000. Os últimos casos importados foram notificados em 2011.

 

 

A doença – O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa, muito comum na infância. É transmitido diretamente de pessoa a pessoa, através das secreções nasofaríngeas, expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Essa forma de transmissão é responsável pela elevada contagiosidade da doença. Tem sido descrito, também, o contágio por dispersão de gotículas com partículas virais no ar, em ambientes fechados. Os principais sintomas são febre alta (acima de 38,5°C), tosse, coriza, conjuntivite e manchas de Koplik (pequenos pontos brancos que aparecem na mucosa bucal, antecedendo ao exantema). 

 

 

Prevenção – A vacina tríplice viral – disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS) – é a medida de prevenção mais segura e eficaz contra o sarampo, protegendo também de rubéola e caxumba.

 

 

Para mais informações sobre sarampo e demais doenças, visite o site www.riocomsaude.rj.gov.br

 

Assessoria de Comunicação | Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro

 

 

0 comentários