Cidades do Polo Serra vão receber mais de R$ 137 milhões do Prodetur

Valença, Petrópolis, Teresópolis, Itatiaia e Nova Friburgo já têm projetos aprovados
 

ProdeturCom 187 milhões de dólares para investir em 23 municípios do Rio, o Programa de Desenvolvimento ao Turismo (Prodetur) já destinou R$ 137,8 milhões para execução de obras em cidades localizadas no Polo Serra. Valença, Petrópolis, Teresópolis, Itatiaia e Nova Friburgo já têm projetos aprovados, em andamentos ou até mesmo concluídos, como as estradas-parque RJ-151 e RJ-163, em Visconde de Mauá.

 

Além dos R$ 68 milhões investidos na pavimentação das duas vias, o Prodetur prevê realização de projetos complementares para a região. O entorno da RJ-163 Capelinha- Mauá vai ganhar adequações ambientais no valor de R$ 6,1 milhões. Um pórtico de visitação e zoopassagens aéreas já estão contratados e os projetos dos mirantes estão em fase de conclusão.

 

– Em Visconde de Mauá existe também a preocupação com o ordenamento urbano para garantir a sustentabilidade na região. O Prodetur vai reurbanizar as vilas de Maromba e Maringá, com R$ 5,1 milhões de investimentos – afirmou Vicente Loureiro, coordenador executivo do programa.

 

Com seus 58.790 hectares, o Parque Estadual dos Três Picos também recebeu R$ 10,2 milhões do Prodetur para realizar melhorias e estudos. Com o recurso, a Secretaria do Ambiente vai construir um complexo de visitação e implantar uma subsede no Vale da Revolta, em Teresópolis. Um centro de visitante com restaurante, lanchonete, lojinha, estacionamento e alojamento para guardas-parques também fazem parte do projeto.

 

Outro município que vai receber grande volume de recursos será Nova Friburgo. A cidade terá um dos três Centros Culturais e de Exposições que o Prodetur vai financiar no estado. Serão US$ 4,5 (cerca de R$ 10,8 milhões) para construir o equipamento.

 

Ainda em Nova Friburgo, os distritos de Lumiar e São Pedro da Serra também serão contemplados com intervenções no valor de R$ 6,1 milhões para requalificação das vias públicas. Em Lumiar, obras acontecerão nas praças do Lago, Carlos Marchon e Levy Ayres Brust. Estão previstas ainda drenagem, mobiliário urbano, decks em madeira plástica e iluminação. Já em São Pedro da Serra, a Praça João Henringer será remodelada.

 

Em Petrópolis, o Prodetur vai finalizar as obras no Centro Histórico. Com custo de R$ 6,5 milhões, o programa vai readequar o sistema de distribuição de energia para as redes subterrâneas da Rua do Imperador. O enterramento total da fiação aparente vai devolver à cidade a beleza do conjunto arquitetônico do local.

 

Governo do Rio

0 comentários