Cidades litorâneas receberão mais de R$ 144 milhões do Prodetur

Cidades litorâneas receberão mais de R$ 144 milhões do Prodetur
 

Cidades-litoraneasAs belas cidades praianas fluminenses vão ganhar obras de infraestrutura e empreendimentos culturais que impulsionarão a atividade turística na Região Metropolitana e no interior. O Prodetur-RJ (Programa de Desenvolvimento ao Turismo) já tem R$ 144,2 milhões em projetos aprovados em oito municípios do Polo Litoral.

 

O interior vai contar com dois grandes empreendimentos: os centros culturais e de exposições de Cabo Frio e Paraty. O programa também já aprovou a construção de cais turístico para a Praia dos Anjos, em Arraial do Cabo, a recuperação do Cais dos Saveiros, em Paraty, e intervenções na Estação Hidroviária de Mangaratiba, para fortalecer a ligação com a Ilha Grande.

 

Com a previsão de maior número de visitantes em Ilha Grande, a Vila do Abraão receberá trabalhos de urbanização, saneamento e drenagem.

 

Programa vai investir em qualificação

 

Além de obras de infraestrutura, o Prodetur vai financiar diversas ações voltadas para a promoção dos municípios e qualificação dos empregadores e trabalhadores do setor. No plano de capacitação, Valença será a primeira cidade a receber cursos preparatórios envolvendo turismo e hotelaria.

 

“Já contratamos uma empresa para identificar as práticas da área e incentivar a formalização. Precisamos de um setor profissionalizado para fidelizar os visitantes”, disse o secretário de Turismo, Ronald Ázaro.

 

Focada em planejamento para os próximos anos, a secretaria também já contratou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para desenvolver uma inédita pesquisa turística no interior e na Região Metropolitana. Serão investidos aproximadamente R$ 5 milhões para coletar dados com amostras representativas e traçar estratégias, gerar indicadores e criar uma série histórica de estatísticas das demandas. As equipes já estão sendo treinadas e o distrito de Conservatória, em Valença, será o primeiro a receber a pesquisa.

 

“Os estudos serão feitos nos 23 municípios contemplados pelo Prodetur e também teremos a visão completa das seis regiões estratégicas do estado”, explicou Marcos Pereira, gerente do Prodetur.

 

Governo do Rio

0 comentários