Escolas do Rio recebem o reforço de 932 professores

Dos novos docentes, 826 devem começar a atuar nas salas de aula no próximo mês
 

Para reforçar o quadro de docentes do Estado do Rio, a Secretaria de Educação já nomeou, no início deste ano, 932 professores aprovados nos concursos realizados em 2009, 2011 e 2013. Deste número, 826 foram convocados para a perícia médica e deverão entrar em exercício em março. Os profissionais – de todas as disciplinas da grade curricular – cumprirão jornada de trabalho de 16 horas ou 30 horas semanais.

 

Além disto, ainda está em andamento um processo seletivo para o preenchimento de 1,4 mil vagas imediatas e formação de cadastro de reserva. Neste concurso – cujo resultado será divulgado em 26 de março – são oferecidas 704 oportunidades para professor de 16 horas semanais nas disciplinas de Filosofia, Artes, Biologia, Ciências, Educação Física, História, Inglês, Francês, Espanhol, Sociologia e Disciplinas Pedagógicas, com vencimento inicial de R$ 1.081,97. Há também 696 vagas para docentes com carga de 30 horas, nas disciplinas de Português, Física, Geografia, Matemática, e Química, com salário inicial de R$ 2.028,67.

 

Além do vencimento-base, os professores recebem auxílio-transporte e alimentação, auxílio-formação – bolsa de R$ 300 mensais para os regentes de turma que participam dos cursos de formação continuada – e auxílio-qualificação, bônus anual, de R$ 500 mensais, para a aquisição de bens pedagógicos culturais, pago aos docentes.
A expectativa é de que os aprovados neste último processo seletivo assumam suas funções em junho.

 

“A Secretaria de Educação faz uma gestão atenta à dinâmica natural dos servidores, porque há um grande quantitativo de professores em processo de aposentadoria e de licença. A geração de novas vagas e a nomeação de mais docentes este ano é necessária para manter a qualidade do ensino” disse o subsecretário de Gestão de Pessoas, Luiz Carlos Becker.

 

Governo do Rio

0 comentários