Império Serrano é o grande homenageado do Carnaval Histórico do Extra 2014

Agremiação comemora os 50 anos do samba-enredo “Aquarela brasileira”. “Cidadão Samba” será revelado durante o evento
 
Divulgação Extra

Divulgação Extra

 

Em 2014, o “Carnaval Histórico do Extra” – criado há três anos para valorizar os grandes nomes das escolas de samba – resgata mais uma vez os momentos inesquecíveis da maior festa do país. O Império Serrano, um dos grandes campeões do carnaval carioca e celeiro de autores de samba do país, será homenageado pela celebração dos 50 anos do maior samba-enredo de todos os tempos: “Aquarela brasileira”, de 1964. O evento, exclusivo para os leitores do jornal Extra, também vai revelar a personalidade de destaque entre os sambistas com o prêmio “Cidadão Samba”, além de levar Dona Ivone Lara, Arlindo Cruz e Zeca Pagodinho ao palco do Imperator (Méier), dia 18 de fevereiro. 

 

 

 

Com o tema Poetas Imperianos, o “Carnaval Histórico do Extra” vai relembrar alguns desfiles clássicos do Império Serrano, como “Aquarela brasileira” (1964), “Heróis da liberdade” (1969) e “Bumbum paticumbum prugurundum” (1982).  

 

 

 

Outro momento marcante da noite será o reconhecimento de seis importantes compositores da música popular: Silas de Oliveira (autor de “Aquarela brasileira”), Dona Ivone Lara (compositora de “Sonho meu”), Beto Sem Braço (autor de “Camarão que dorme a onda leva”), Aluizio Machado (autor de “Bumbum paticumbum prugurundum”); Mano Décio da Viola (autor de “Heróis da liberdade” e fundador do Império Serrano); e Arlindo Cruz (autor de “O meu lugar – Madureira” e um dos maiores nomes do samba atualmente). 

 

 

 

Cidadão Samba 2014 

Por meio de votação popular, a eleição do “Cidadão Samba EXTRA” premiará os sambistas de maior destaque. Os nomes que concorrem este ano são: Altair (União da Ilha), Aluizio Machado (Império Serrano), Andrade Chefia (Unidos da Tijuca), Djalma Sabiá (Salgueiro), Evandro Bocão (Vila Isabel), Milton Perácio (Grande Rio), Nelson Sargento (Mangueira), Niltinho Tristeza (Imperatriz), Noca da Portela (Portela), Tia Nilda (Mocidade), Tião Belo (São Clemente) e Tiãozinho (Império da Tijuca).

 

 

Mais informações para a imprensa:   APPROACH COMUNICAÇÃO INTEGRADA

 

 

0 comentários