O Portal AIB NEWS acompanhou a tradicional lavagem da Sapucaí

O evento também celebrou os 30 anos da passarela do samba
 

Por Graça Paes, RJ

 Lavagem da Sapucaí 2014

 

Salve! Salve! Salve! Que os Deuses abençoem a passarela do samba. A Marquês de Sapucaí no domingo, dia 23 de fevereiro, se transformou num grande palco de religiosidade na tradicional lavagem da avenida que antecede o carnaval. Padres e representantes de religiões afro-brasileiras abençoaram o espaço para o desfiles das escolas de samba. 

 

Milton Cunha e uma das tradicionais baianas

Milton Cunha e uma das tradicionais baianas

 

Um dos mais animados, e um dos primeiros a chegar, foi o carnavalesco Milton Cunha. “Toda quadra de escola de samba foi terreiro. Toda escola começa num terreiro.  Nós, sambistas, temos um pé no terreiro. Essa festa significa convocar toda a religiosidade do samba para poder começar o carnaval; se sentindo prestigiados, os deuses liberam a festa”, disse o mestre de cerimônias do evento Milton Cunha.

 

Lavagem da Sapucaí 20143

Uma pomba branca foi solta na avenida e um minuto de silêncio foi proferido em homenagem a José Eugênio Onça da Silva que trabalhava na coordenação de segurança nos desfiles da Sapucaí, e que foi morto em São João de Meriti, na baixada fluminense, no fim de semana.

 Lavagem da Sapucaí 2014 4

 

Em 2014, a lavagem também faz uma celebração especial: os 30 anos do Sambódromo.

_MG_4481

O evento contou com a participação de integrantes de todas as escolas de samba dos grupos A e Especial. O presidente da Riotur Antônio Pedro também participou. 

 Lavagem da Sapucaí 2014  5

 

Por volta das 20h, o rufar dos tambores anunciaram a chegada das mães de santo, que limparam a pista com água de cheiro, uma mistura de águas de mar, de cachoeira e de rio, usando vassouras feitas de ervas.

 

 _MG_4248

A imagem de São Sebastião, padroeiro do Rio, também passou pela avenida.

 

 _MG_4261

 

Muitas crianças atravessaram em cortejo com as tradicionais baianas, assim como diversos casais de mestre-sala e porta-bandeira das escolas do Grupo Especial e da Série A e a velha-guarda de várias escolas.

 _MG_4332

O cantor Dudu Nobre atravessou a avenida cantando samba históricos.

 

_MG_4456

A irmã de Dudu Nobre com maestria atravessou a avenida com a bandeira da mocidade.

 

Sabrina Sato rainha da Vila Isabel

Sabrina Sato rainha da Vila Isabel

Após a cerimônia da lavagem da pista, a escola de samba Vila Isabel, campeã de 2013, fez o teste de luzes e de som, e mostrou um ensaio bonito na Sapucaí.

 

Galeria de fotos:

 

Fotos de Graça Paes

0 comentários