Projeto De Braços Abertos inicia temporada 2014 no Borel

Cerca de 1500 corredores participaram do evento esportivo-cultural
 

Projeto-De-Bracos-AbertosA comunidade do Borel, na Tijuca, Zona Norte do Rio, recebeu neste domingo (23/2) a primeira etapa de 2014 do projeto De Braços Abertos, que conta com o apoio da Lei de Incentivo ao Esporte, da secretaria de Esporte e Lazer. Cerca de 1.500 pessoas, de mais de 50 bairros da cidade e de diversas regiões do país, participaram da corrida, dividida em provas de 5Km e 10 Km, com trajeto pelas ruas, trilhas, becos e vielas da comunidade pacificada.

 

 

Além do Borel, Jacarezinho e Vidigal voltam a receber o circuito, enquanto a comunidade da Maré vai sediar, pela primeira vez, uma etapa. O evento contou ainda com oficina de capacitação profissional, que permitiu que moradores da comunidade trabalhassem no staff esportivo do evento, e concursos de grafite e fotografia.

 

 

Corredor há menos de ano, o primeiro colocado na prova de 10Km, Antônio José Gonçalves, de 23 anos, veio de Minas Gerais para participar ao lado do amigo Jhonathan Elias, de 18 anos, que também conquistou uma boa colocação na competição: o terceiro lugar, nos 5Km.

 

 

“O circuito é bem pesado, mas não tive muita dificuldade. Moro em uma zona rural, com muitas montanhas e estradas de terra, o que intensifica o treinamento – disse o vencedor, que treina diariamente a 800 metros de altitude e já participou de quatro provas no Rio”.

 

 

“A vista da cidade, sobretudo para o Pão de Açúcar e a Baía de Guanabara, é tão bonita, que dá vontade de parar para admirar”, afirmou Jhonathan.

 

 

Moradora da comunidade do Cerro-Corá, no Cosme Velho, na Zona Sul, a atleta e bailarina Isabella Delfim, de 16 anos, conquistou o primeiro lugar feminino da prova de 5 Km.

 

 

“Comecei a correr há seis meses, por incentivo da minha família, que insistia em dizer que eu precisava gastar minha energia com uma atividade mais intensa”, disse Isabella, comemorando o resultado de sua sexta corrida.

 

 

Ocupando a primeira colocação na prova de 5Km, Eduardo Paiva, de 31 anos, destaca a recepção positiva do evento pela comunidade.

 

 

“É muito bom ter esta proximidade com os moradores, que ficam muito felizes com nossa presença. Esta é uma prova que se assemelha à corrida de aventura, pela diversidade de terrenos”, afirmou Eduardo, policial do Batalhão de Polícia Rodoviária do Fonseca, em Niterói.

 

 

Moradores de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, o casal Kátia Santana, de 50 anos, e Everaldo Nascimento, de 61 anos, competiu fantasiado, em clima de carnaval.

 

 

“Estamos aqui não só para realizar a prova, mas para alegrar a comunidade, por isso, estamos fantasiados e cheios de balas e pirulitos para distribuir para as crianças”, afirmou Kátia.

 

 

As crianças também têm seu espaço garantido no projeto. Os pequenos participaram de minicorridas, dedicadas a crianças de 1 a 12 anos, montadas de acordo com a idade dos participantes.

 

Agência Brasil

1 comentário

  1. Fernando Augusto Dias

    Prezados Senhores,
    Muito boa noite!

    PROJETO RIO DE BRAÇOS ABERTOS

    Vamos capacitar o varejo (independente do ramo) sem aulas, sem palestras e sem deslocamentos?

    Acesse nosso blog: treinamentoderesultados.blogspot.com e o anexo.

    Estamos à disposição,

    Atenciosamente

    Fernando Augusto Dias

    021-99133-8639