Projeto Travessia reforma áreas de lazer em mais quatro comunidades

Segunda fase beneficiará moradores da Coroa, São João, Cantagalo e Complexo do Alemão
 

Projeto-TravessiaO projeto Travessia – realizado pela Secretaria de Esporte e Lazer em parceria com a Light e o Instituto Pereira Passos – iniciou sua segunda etapa. A iniciativa, que vai recuperar áreas esportivas em 13 comunidades do Rio de Janeiro, está reformando quadras nos morros da Coroa, no Catumbi, e do São João, no Engenho Novo, além de uma academia de lutas no Cantagalo, em Ipanema, e uma quadra e um campo de grama sintética no Complexo do Alemão. A previsão é de que as melhorias nas quatro comunidades sejam concluídas até o fim de março.

 

 

Na primeira fase do projeto, foram entregues, em dezembro de 2013, quadras poliesportivas e campos de futebol totalmente reformados na Rocinha, na Zona Sul, e no Fumacê, em Realengo. Com investimentos de R$ 16,4 milhões, a iniciativa ainda contemplará as comunidades da Mangueira, Tabajaras, Tuiuti, Turano, Pavão-Pavãozinho, São Carlos e Andaraí.

 

 

No Morro da Coroa, nove operários trabalham para restaurar uma quadra poliesportiva, que ganhará nova cobertura metálica, piso especial, pintura, grades de proteção, refletores com lâmpadas de LED, vestiário e bar renovados, além de ser equipada com traves de futebol, rede de vôlei e cestas de basquete. Também será instalada uma arquibancada metálica móvel que permitirá aos moradores assistir não só aos jogos locais, como também acompanhar os desfiles das escolas de samba durante o Carnaval, já que o espaço tem uma vista privilegiada para a Marquês de Sapucaí.

 

 

Todos os espaços prontos até o fim do semestre

 

De acordo com Thiago Valim, engenheiro da empresa que reforma os espaços esportivos do projeto, a expectativa é de que até o fim do semestre todas as 13 comunidades já possam desfrutar das instalações.

 

 

“Muitas quadras e campos de futebol nas regiões encontram-se em mau estado de conservação e, por isto, precisamos fazer uma reforma completa dos locais, substituindo telheiros, instalando novos equipamentos e montando uma estrutura de qualidade”, explicou o engenheiro.

 

 

Para o secretário de Esporte e Lazer, André Lazaroni, o projeto resgata a autoestima da população das comunidades.

 

 

“Os moradores destas áreas terão a possibilidade de praticar esportes com mais segurança”, afirmou o secretário.

 

Governo do Rio

0 comentários