Vazamento forma cratera em rua de Copacabana e complica trânsito na região

Segundo a Cedae, reparo emergencial em tubulação deve durar até a noite desta segunda-feira, dia 24
 
Rompimento de tubulação abre cratera e para trânsito em Copacabana.  Foto: Douglas Shineidr / Jornal do Brasil

Rompimento de tubulação abre cratera e para trânsito em Copacabana.
Foto: Douglas Shineidr / Jornal do Brasil

Os moradores de Copacabana acordaram com mais um problema na região. Um vazamento em uma tubulação da Cedae – Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de  Janeiro, que provocou a abertura de uma cratera na esquina entre as ruas Barata Ribeiro e Miguel Lemos, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro,  nesta segunda-feira (24).

 
 
 
 
Para que técnicos da empresa possam realizar o reparo emergencial, o cruzamento está interditado desde o início da manhã. As alterações feitas para desviar o fluxo de automóveis complica o trânsito na zona sul da capital fluminense, inclusive nos bairros vizinhos, a exemplo de Ipanema e Botafogo.
 
 
 
Segundo a assessoria de comunicação da Cedae, as obras para reparar a tubulação  devem durar até a noite desta segunda-feira.
Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, o tráfego na área do Corte do Cantagalo chegou a ficar totalmente interrompido por conta do fechamento da rua Miguel Lemos. Com isso, formou-se um grande congestionamento na avenida Epitácio Pessoa. Às 8h, agentes de trânsito liberaram a via para carros de passeio e automóveis de pequeno porte.
 
 
Em decorrência do bloqueio na Barata Ribeiro, o fluxo está sendo desviado para a avenida Atlântica, cujo acesso se dá pela rua Santa Clara. A prefeitura suspendeu temporariamente as faixas reversíveis no bairro, o que fez o congestionamento chegar até Ipanema.
 
 
Já os ônibus e veículos maiores que deveriam seguir pela rua Raul Pompéia também estão sendo desviados para a avenida Atlântica, informou o Centro de Operações Rio.

 

0 comentários