CARNAVAL: Paulo Barros sai da Unidos da Tijuca e vai para a Mocidade

Carnavalesco foi campeão em 2014 com o enredo ‘Acelera, Tijuca!’.
 

O carnavalesco campeão do carnaval do Rio em 2014, Paulo Barros, oficializou na tarde desta segunda-feira (17), sua saída da escola de samba Unidos da Tijuca. A assessoria da escola azul e amarelo do Morro do Borel, confirmou a saída dele. Em 2015, ele deve ser o carnavalesco da Mocidade Independente de Padre Miguel, onde terá a oportunidade de desenvolver o enredo de seus sonhos, sobre o fim do mundo. A Unidos da Tijuca ainda não informou o nome do novo carnavalesco.

 

 

 

A negociação foi feita com Rogério Andrade, patrono da escola de Padre Miguel.  Desde a saída de Paulo Vianna, que Andrade investe no projeto de reestruturação, após a administração de Paulo Vianna, que deixou a agremiação em dificuldades financeiras. Um dos projetos de Andrade seria trazer de volta à verde e branco de Padre Miguel nomes de peso para o carnaval do ano que vem, e assim resgatar os anos vitoriosos da escola.

 

 

 

Um dos motivos que levou Paulo Barros a topar o desafio de trocar de agremiação foi a oportunidade de por em prática seu projeto tocar um enredo que há tempos gostaria de desenvolver “o fim do mundo”.  O que ainda preocupa a Unidos da Tijuca é a incerteza de que os coreógrafos Roberta Nogueira e Marcelo Sandrini, responsáveis pelas comissões de frente da escola, sigam os passos do carnavalesco.

 

 

Trajetória

Paulo Barros estreou no Grupo Especial, pela Unidos da Tijuca em 2004, e surpreendeu a Sapucaí, com  a chamada alegoria viva que integrava o carro do DNA. Ele ficou na Tijuca de 2004 até 2006. Depois passou dois anos da Unidos do Viradouro e um ano na Unidos de Vila Isabel trabalhando com Alex de Souza. Seu primeiro título veio em 2010, e em 2012 o segundo. 

0 comentários