Confrontos na Ucrânia deixaram 100 mortos e 14 feridos

Violentos confrontos registrados entre os dias 18 e 20 de fevereiro no centro de Kiev deixaram 100 mortos e 14 feridos que permanecem em estados grave, Agência Lusa
 

De acordo com o balanço, a maioria dos manifestantes mortos no dia 20 de fevereiro foi vítima de disparos de franco-atiradores, fixados em edifícios em torno da Praça da Independência, centro dos protestos contra o presidente Viktor Ianukóvitch. 

 

 

O procurador-geral interino da Ucrânia, Oleg Makhnitski, disse ontem (5) que pelo menos um franco-atirador disparou do topo do edifício do Banco Nacional do país, na Rua Institutskaia. A Procuradoria investiga relatos de que havia franco-atiradores no Hotel Ucrânia e no edifício da Rua Bankovaia.

 

 

Segundo Makhnitski, as autoridades determinaram a abertura de um processo judicial contra o chefe de um destacamento das forças especiais do Ministério do Interior na Crimeia, Serguei Avaliuk, identificado como um dos franco-atiradores.

 

EBC 

 

 

0 comentários