Estado do Rio firma parceria com Universidade de Columbia

Edital no valor de R$ 4 milhões foi lançado para apoio a projetos de pesquisa em áreas como a de Saúde
 

parceria-com-Universidade-de-ColumbiaA Faperj (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa no Estado do Rio), vinculada à Secretaria de Ciência e Tecnologia, assinou nesta quinta-feira (20/3) um acordo de cooperação técnica com a Columbia Global Center/Latin America, que comemora um ano de atividade no Brasil. Foi lançado ainda edital para apoio a projetos de pesquisa entre a universidade americana e instituições científicas e tecnológicas do Estado do Rio no valor de R$ 4 milhões. A verba cobrirá translado, diárias e bolsas de diversos níveis.
 

“Vai ser um grande passo no desenvolvimento do estado. Estes editais vão permitir o aprofundamento em estudos de educação, saúde e desenvolvimento sustentável. Temas fundamentais”, disse o governador Sérgio Cabral.

Cabral lembrou ainda que a Columbia é referência em ensino. O governador pontuou que a característica das universidades americanas é a aproximação com a vida real e parcerias com setores produtivos.

 

“Sabemos que as administrações de universidades estaduais públicas são diferentes da administração da Columbia e demais instituições americanas. No entanto, procuramos nestes últimos oito anos dar uma dimensão às nossas universidades, que mostraram resultados e subiram nos rankings de ensino. E não foram apenas as instituições públicas que cresceram nos últimos anos, as federais e particulares também e muitas delas têm parcerias com a Faperj e desenvolvem pesquisas brilhantes”, afirmou Sérgio Cabral.
 

Segundo o diretor-executivo do Instituto de Estudos Latino-Americanos da Universidade da Columbia, Thomas Trabet, o lançamento destes editais significa uma maior eficiência na formação de parcerias entre os pesquisadores fluminenses e os profissionais americanos.

“Os temas das pesquisas devem ser semelhantes aos já estudados por pesquisadores da Columbia. Desta forma, a troca de informações permitirá criar melhores políticas públicas para aprimorar a forma de o Estado entregar seus serviços em áreas essenciais, tais como saúde e educação”, explicou o diretor executivo.

 

Os projetos selecionados pelo edital Cooperação bilateral Faperj / Associação Columbia Global Center / Brasil – 2014 devem contemplar temas nas áreas de desenvolvimento sustentável, saúde, educação e políticas públicas. Cada projeto receberá até R$ 400 mil e deverá ter duração máxima de 24 meses, contados a partir da data da liberação dos recursos. Cada proposta apresentada pode contemplar até duas missões de intercâmbio, sendo uma por ano, com duração máxima de 30 dias.

 

“O Estado vive um momento de transformação, crescimento econômico e inclusão social. E este desenvolvimento está calçado em investimentos na ciência e tecnologia. O Governo do Estado aplicou R$ 2,5 bilhões diretamente na Faperj”, afirmou o secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca.

 

O prazo para submissão das propostas se encerra no dia 8 de maio. Os resultados serão divulgados a partir de 11 de junho. Dúvidas e esclarecimentos sobre o edital devem ser enviados para o e-mail faperj-columbia2014@faperj.br.
 

Sobre a Columbia Global Centers

Columbia Global Centers é uma rede global de centros de pesquisa da Universidade de Columbia, que visa promover e facilitar a colaboração internacional, criando oportunidades de pesquisa, bolsas, ensino e serviços. Atualmente, existem oito destes centros em operação no mundo: Rio de Janeiro; Amã, na Jordânia; Pequim, na China; Mumbai, na Índia; Paris; Istambul, na Turquia; Nairóbi, no Quênia; e Santiago do Chile.
 

0 comentários