Estado registra saldo recorde de empregos para fevereiro

Foram criados 25.820 postos de trabalho com carteira assinada em setores como Serviços e Construção Civil
 
O Estado do Rio de Janeiro registrou saldo recorde de geração de empregos para o mês de fevereiro. Segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, foram criados 25.820 postos com carteira assinada, que representa a diferença entre contratações e demissões. O resultado é equivalente a uma expansão de 0,67% em relação a janeiro.
 

O bom desempenho está relacionado aos saldos positivos dos setores de Serviços, com mais 18.309 vagas, da Construção Civil, somando mais 5.881, e da Indústria de Transformação, totalizando mais 2.037. O crescimento do emprego formal no Estado do Rio superou o índice nacional de 0,64% em fevereiro. O Brasil registrou a criação de 260.283 empregos formais, o segundo melhor saldo para o mês na série histórica.

 

“Esse resultado confirma o bom momento do Estado do Rio de Janeiro, que se transformou em polo gerador de emprego e renda. A retomada da atividade industrial, a proximidade de grandes eventos, como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, e os investimentos em infraestrutura mostram que o mercado de trabalho continuará aquecido”, explicou o secretário de Trabalho e Renda, Sergio Romay.

 

Na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos dois primeiros meses deste ano, houve acréscimo de 4.161 postos de trabalho (+0,11%) no Rio de Janeiro. Ainda na série com ajustes, nos últimos 12 meses foi registrada a elevação de 3,04% no nível de emprego ou mais 113.842 novos postos de trabalho.

 

A Região Metropolitana registrou expansão de 21.331 empregos formais (+0,73%). Entre os municípios que registraram os melhores saldos na geração de empregos, estão Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Itaguaí, Nova Iguaçu, Angra dos Reis, Campos dos Goytacazes e Saquarema.

 

Município / Postos de trabalho:

 

Rio de Janeiro – 14.077 vagas

Duque de Caxias – 1.959 vagas

Niterói – 1.544 vagas

São Gonçalo – 1.125 vagas

Itaboraí – 838 vagas

Itaguaí – 650 postos

Nova Iguaçu – 639 vagas

Angra dos Reis – 633 vagas

Campos dos Goytacazes – 492 vagas

Saquarema – 376 vagas

 

Governo do Rio

0 comentários